Não é apenas Meghan Markle que tem frequentado aulas de etiqueta para se saber comportar de acordo com as regras impostas aos elementos da família real britânica — os príncipes George e Charlotte, de cinco e três anos, respetivamente, também já seguiram as pisadas da tia e, alegadamente, estão a receber lições para seguirem à risca todos os protocolos reais da família Windsor.

De acordo com uma notícia da edição norte-americana da revista "Cosmopolitan", os filhos do príncipe William e de Kate Middleton estão a ter aulas de etiqueta para pararem com as caretas e com as atitudes espontâneas, tão próprias de crianças com a idade dos herdeiros do trono.

Família real. Foi quebrado mais um protocolo — e desta vez a culpa não foi de Meghan Markle
Família real. Foi quebrado mais um protocolo — e desta vez a culpa não foi de Meghan Markle
Ver artigo

A mesma publicação cita Myka Meier, uma especialista em etiqueta da escola Beaumont Etiquette, que explicou à revista que George e Charlotte começaram a receber lições aos dois anos, para que estes se pudessem habituar às regras de conduta reais — mas, daqui em diante, a educação irá tornar-se mais complexa.

“As lições de etiqueta dos herdeiros provavelmente começaram de uma forma simples, tal como saber dar as mãos e fazer vénias. E, inicialmente, deve ter sido a mãe das crianças, a duquesa de Cambridge, a ensiná-los", revela Myka Meier. A especialista em etiqueta avança que estas aulas são dadas antes de grandes eventos. "Crescer no palácio significa que a educação terá menos tempo do que um curso oficial e mais observação quotidiana. Mas há lições leves antes de um evento ou de uma reunião com um convidado importante para prepará-los."

Já Meghan Markle não teve a vida tão facilitada e a sua educação de etiqueta real não tem sido descurada. De acordo com a revista "Life & Style", a duquesa de Sussex teve um curso intenso mesmo antes de se mudar para o palácio de Kensington. Tal como avançou a publicação, a antiga estrela de "Suits" tinha aulas das 8h30 às 19h e aprendeu a lidar com problemas familiares com dignidade e classe, bem como com situações de crise.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.