A chegada do outono traz também um problema que afeta igualmente homens e mulheres: a queda de cabelo. Não é um assunto agradável, mas ninguém gosta de sair do banho, escovar o cabelo e ver um monte de fios de cabelo presos à escova. 

Importa perceber que é natural que o cabelo caia, até porque o cabelo tem três fases diferentes: a anagénica, a fase de crescimento que dura entre 3 a 6 anos, a catagénica, de repouso onde o cabelo para de crescer e que dura três semanas e, por fim, a telogénica, que dura cerca de três meses e onde os fios mais antigos vão acabar por cair, para depois serem substituídos por novos fios de cabelo. Contudo, pode existir uma queda mais excessiva do que é habitual.

São vários os motivos que podem estar na origem da queda de cabelo, desde carências nutricionais que surgem pela falta de vitaminas e minerais, às alterações hormonais de um processo de pós-parto. A estes motivos juntam-se ainda outros dois fatores que são, provavelmente, os maiores responsáveis pela queda de cabelo: a mudança de estação do verão para o outono e o stresse.

O stresse, aliado ao cansaço e à ansiedade, provocam diversas reações no nosso organismo, que podem até mesmo variar de pessoa para pessoa. A queda de cabelo é uma dessas reações, que muitas vezes tendemos a associar a outros motivos, no entanto, é uma reação normal do nosso organismo. Num momento de incerteza como o que atravessamos atualmente, onde as preocupações e ansiedade são uma constante nas nossas vidas, é natural que note alguma queda excessiva de cabelo. 

Já a mudança de estação, principalmente na transição do verão para o outono, também pode ser um dos motivos para a queda de cabelo. Existem vários especialistas que afirmam que, de facto, o cabelo tende a cair mais nesta época, embora não exista uma explicação concreta do porquê. No entanto, há algumas teorias tal como a que Emily Wise Shanahan, dermatologista no estado de Massachusetts, Estados Unidos, avança à revista americana “Allure”.

“Uma possível explicação é que durante os meses de verão temos mais cabelo para garantir que o couro cabeludo está mais protegido do sol”, avança a especialista. “Alguns meses depois, quando entramos no final do outono e início do inverno, esses cabelos entram numa fase de queda.”

Seja por excesso de stresse ou pela simples mudança de temperatura, existem várias soluções que podem ajuda a contrariar a queda de cabelo. A Ducray, a marca francesa especializada em cuidados capilares e com décadas de anos de história, tem na sua gama de produtos diversas opções que se adaptam a qualquer que seja a situação.

Se optar por tratamentos tópicos, a Loção Antiqueda Creastim promete travar a queda reacional — ou seja, que acontece há menos de seis meses — e acelerar o crescimento capilar. O tratamento com este produto deve ser feito durante dois meses, sendo que se deverão aplicar dez pulverizações em toda a superfície da cabeça, três vezes por semana. 

Na gama Neoptide encontra duas outras loções capilares, desenvolvidas para travar a queda de cabelo prolongada ou crónica (superior a seis meses) e preservar a densidade capilar. Existe uma loção antiqueda pensada especificamente para mulheres e outra para homens, que deve ser aplicada diariamente por todo o couro cabeludo durante três meses.

A estes tratamentos pode juntar o champô antiqueda e o cuidado após champô fortificante da gama Anaphase+. Ambos podem ser utilizados diariamente e se, por um lado, o champô ajuda a aumentar a eficácia dos tratamentos antiqueda, fortificando o cabelo e dando-lhe volume, o cuidado após champô ajuda a desembaraçar e nutrir os fios de cabelo.

Caso prefira optar pela via oral, a Ducray tem também dois tipos de suplementos alimentares que pode tomar diariamente consoante as suas necessidades. Caso tenha queda reacional, causada pela mudança de estação ou stresse, opte pela fórmula ANACAPS REACTIV, rica em vitaminas e minerais como o ferro e as vitaminas B6 e E. Se sofre de queda crónica com origem hormonal, por exemplo, o ideal será escolher o suplemento ANACAPS PROGRESSIV, também ele composto por minerais e vitaminas, entre as quais se destacam o ácido fólio, o selénio e as vitaminas B2, B5, C e E. 

Os suplementos e produtos contra a queda de cabelo da Ducray estão disponíveis em farmácias e parafarmácias de norte a sul do País. Conheça todas as gamas na fotogaleria.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.