Ana Garcia Martins escreveu um longo post no qual aproveitou para desmentir várias notícias sobre o seu papel de comentadora do reality show da TVI. A Pipoca Mais Doce começou por esclarecer questões relacionadas com o seu vencimento. "Há uns dias, ligaram-me de uma revista qualquer a perguntar quanto é que eu ganhava no 'Big Brother'", começa por contar. "Como é óbvio, pareceu-me uma intrusão tão grande (e um tema tão irrelevante) que respondi que não ia comentar", acrescenta. 

Esta semana, uma publicação semanal noticiou que Ana Garcia Martins auferia 7.500€ por mês para comentar o reality show da TVI. Segundo a influenciadora, este valor é "inventado". "Moral da história: no dia seguinte saiu uma notícia com valores completamente inventados, baseados numa qualquer fonte. A política é sempre esta. Como eu opto por não comentar a maioria das coisas (isto quando se dão ao trabalho de ligar, que quase nunca o fazem), as revistas simplesmente fantasiam."

Depois de, na gala do domingo passado, ter ameaçado abandonar o papel de comentadora caso a ex-concorrente Teresa não lhe pedisse desculpa por a ter apelidado de "asquerosa", foi noticiado que Ana Garcia Martins teria chorado no intervalo da emissão e que teria tido um momento de "tensão" com Cláudio Ramos. Algo que a comentadora desmente.  "Falámos, como é óbvio, sobre o que tinha acontecido, mas nunca em clima de guerra ou discussão", conta. "Se tivesse alguma coisa a apontar-lhe, não seria seguramente ali".

Ana Garcia Martins desmente também que, no intervalo, tenha chorado. "A sério? Estavam inúmeras pessoas no estúdio, qualquer uma delas pode garantir que isso é mentira (e no dia em que um reality show me fizer chorar, sem ser de emoção, pego nas malinhas e vou para casa)."

Cláudio Ramos, entretanto, comentou o post no Instagram, corroborando esta história: "Confirmo! Não choraste não senhora e também não me apercebi de qualquer momento de tensão entre nós os dois. Ora, eu que percebo tudo, se não me apercebi da tensão entre nós os dois, é porque não houve. Está claríssimo!". Ana Garcia Martins desmente ainda que tenha tido uma "reunião de porta fechada" em que a TVI "apertou" com ela. "Nunca aconteceu. Nem à porta fechada, nem aberta, nem encostada."

A comentadora do "Big Brother" faz questão ainda de esclarecer a relação com a apresentadora do reality show, desmentindo que Teresa Guilherme lhe tenha dado "um sermão" no intervalo de uma gala por estar a usar o telemóvel. "Temos uma relação absolutamente simpática e cordial, e eu estou autorizada a ter o telefone comigo."

Pipoca Mais Doce critica Teresa pela desistência: "De repente, é elevada a heroína"
Pipoca Mais Doce critica Teresa pela desistência: "De repente, é elevada a heroína"
Ver artigo

Ana Garcia Martins remata, salientando que "todas estas 'notícias' são feitas com base em fontes (sempre anónimas, claro), que garantem que os delírios que inventam são verdade. Não são.", escreveu. "São só o tipo de 'jornalismo' que se pratica nos dias de hoje, em que se inventam merdas para vender." Para a comentadora, esta realidade é assustadora: "Basicamente, se inventam isto podem inventar qualquer coisa."

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.