Quem constrói a grelha de programação de um canal, sobretudo em época de pousio como é agosto, corre sempre riscos. Mas dificilmente a TVI poderia prever que, ao colocar "Pesadelo na Cozinha" a repetir ao sábado à tarde (como aconteceu este 15 de agosto), Ljubomir Stanisic já tivesse abandonado a estação. Mas assim aconteceu.

A 19 de julho passado, Ljubomir fez algo pouco habitual. Marcou presença num programa do daytime da TVI, o "Somos Portugal". O chef, que não costuma ir a formatos deste género, abriu uma exceção e, ao lado de Isabel Silva, avaliou pratos da gastronomia regional portuguesa. Algo que poderia ser interpretado como estando de pedra e cal na estação. Só que não. Menos de um mês depois, a SIC anunciava a contratação do chef. O que terá acontecido em menos de um mês... ninguém sabe.

ljubomir stanisic
Ljubomir Stanisic no "Somos Portugal" de 19 de julho créditos: Facebook

O jugoslavo de 42 anos sempre disse que não é um homem da televisão mas a verdade é que já o vemos no pequeno ecrã há quase uma década. Ljubomir estreou-se em 2011 na RTP1 como jurado do "Masterchef Portugal" que, à época, era emitido pela estação pública de televisão.

Ljubomir Stanisic Masterchef Portugak
Rui Paula, Justa Nobre e Ljubomir Stanisic créditos: RTP

Seguiu-se, em 2012, o formato "Papa Quilómetros", transmitido pelo 24 Kitchen e, 5 anos depois, regressa à televisão para a versão portuguesa de "Kitchen Nightmares".

"Pesadelo na Cozinha" estreava-se a 12 de março de 2017 na TVI e, do primeiro ao último episódio, foi um êxito de audiências.

TVI pagou casa com piscina por da 3ª temporada de "Pesadelo"

Em 2017, a meio da primeira temporada de "Pesadelo na Cozinha", Cristina Ferreira dizia ao site Impala.pt uma frase que se viria a revelar profética. “Vai ser muito difícil por o chef a fazer isto outra vez porque ele é maluco, não gosta de televisão. Não sei se está habituado a ser capa de revista constantemente”.

Cristina, na altura diretora de conteúdos não informativos TVI, salientava a vontade da estação renovar o formato para mais uma temporada. E dizia que "Pesadelo na Cozinha" não existia sem Ljubomir. "Não é possível fazer este formato sem ele, como 'O Preço Certo' não se faz sem o Fernando Mendes. Quando há uma marca muito forte de uma pessoa num programa é muito difícil que outra venha a ocupar esse lugar”. Certo é que, esta sexta-feira, em comunicado, a estação de Queluz de Baixo disse que, em breve, vai ter "um novo programa do género" de "Pesadelo na Cozinha". Qual? A seu tempo iremos descobrir.

Mas voltemos a 2017. O chef renovou uma segunda temporada. À época, especulou-se que Ljubomir terá recebido 39 mil euros pela primeira temporada e que, na segunda, exigiu mais dinheiro, o que o colocaria no mesmo patamar salarial de Cristina Ferreira.

Pesadelo na Cozinha. Ljubomir recorda os momentos nojentos, emotivos e os sucessos do programa
Pesadelo na Cozinha. Ljubomir recorda os momentos nojentos, emotivos e os sucessos do programa
Ver artigo

Os valores nunca foram revelados, mas "Pesadelo na Cozinha" foi renovado para uma terceira temporada. E uma quarta que ficou, como se diz na gíria culinária, 'em águas de bacalhau'. Isto porque, esta sexta-feira, o chef jugoslavo rescindiu unilateralmente com a TVI e bandeou-se para os lados de Paço de Arcos. Terá pesado a ligação de amizade que mantém há vários anos com Daniel Oliveira, diretor geral do grupo Impresa.

No final de 2019, Ljubomir Stanisic dizia, em entrevista à Tv 7 Dias que estava bem na TVI mas que não fechava portas a nenhuma proposta da SIC. "Conheço bem o Daniel Oliveira e respeitamo-nos mutuamente, mas sinto-me bem na casa onde estou atualmente, tenho sido muito bem tratado e por isso, para já, é aqui que estou".

Em dezembro passado, em entrevista a Paulo Salvador, no "Jornal das 8", Stanisic revelava que a estação de Queluz de Baixo se tinha comprometido, a troco da terceira temporada de "Pesadelo na Cozinha", a comprar-lhe "uma casa com piscina". "Para regressar à televisão… claro que me deram uma casa com piscina. A minha casa com piscina não é a milionária que compram os franceses aqui. Comprei no meio da aldeia, uma coisa baratinha, custou menos de 100 mil euros. Fiz a minha piscininha lá dentro e eles pagaram-me isso, sim senhora. Por isso é que comecei a gravar a terceira temporada".

O encontro (muito público) com Daniel Oliveira

Em março, duas semanas antes de o país parar por causa da pandemia, Ljubomir Stanisic e Daniel Oliveira encontravam-se na entrega dos prémios Boa Cama Boa Mesa, uma iniciativa do grupo Impresa, detentor da SIC. Esta era a primeira vez que o chef surgia num evento público depois de ter sido operado a uma lesão que o obrigou a repousar e a adiar as gravações da quarta temporada de "Pesadelo na Cozinha".

ljubomir stanisic daniel oliveira
Ljubomir Stanisic e Daniel Oliveira créditos: Rui Valido

Stanisic elogiou Daniel Oliveira e disse: "Quem sabe um dia podemos vir a trabalhar juntos, mas não posso dizer". Ljubomir disse, também nessa ocasião", que tinha contrato com a TVI até ao final do ano e que estava "a 100%" na estação. "Vou lutar e dar tudo para que tudo corra bem para eles".

Daniel Oliveira pode roubar Ljubomir Stanisic à TVI e apresentá-lo esta segunda-feira
Daniel Oliveira pode roubar Ljubomir Stanisic à TVI e apresentá-lo esta segunda-feira
Ver artigo

Fast foward para esta sexta-feira, 15 de agosto. Ao "DN", Ljubomir diz que "estava escrito" no seu nome ir para a SIC. E afiança que a mudança não se deu por questões monetárias mas sim de liberdade. ". "Não foi por dinheiro, a TVI pagava-me mais. Eu estou bem na vida, obrigado". Demarca-se da "guerra" entre a SIC e a TVI e diz que a sua vida não é esta, a da televisão, e que já passou por conflitos, dos verdadeiros. "Sou apanhado no meio desta guerra, mas na guerra já eu estive [na Bósnia] e se isto é uma guerra então avisem-me para levar uma arma".

De acordo com o "Correio da Manhã", Ljubomir vai auferir um salário base de 15 mil euros, pagos quer esteja ou não no ar. Quando tiver projetos em antena, esse valor pode subir para os 20 mil. Na TVI, recorde-se, terá recebido 30 mil euros para gravar os 10 episódios da terceira temporada de Pesadelo na Cozinha. O que significa, na prática, que irá ganhar menos na SIC.

O chef garante estar tranquilo em relação a um possível processo por incumprimento de contrato. "Sim, vão processar-me", diz ainda ao "DN". "Nunca rompi nenhum contrato na minha vida. Acabei por o fazer agora, mas porque assim que disse que ia para a SIC, sair hoje ou no final do ano era indiferente".

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.