O Mundo diz o seu último adeus ao príncipe Filipe este sábado, 17 de abril. As cerimónias fúnebres do marido da rainha Isabel II acontecem em plena pandemia da COVID-19, pelo que o número de convidados será restrito.

Esta será a primeira vez que o príncipe Harry regressa ao Reino Unido depois de ter renunciado às suas funções como membro da família real britânica. Meghan Markle, que está grávida, permanece nos Estados Unidos. O filho mais novo do príncipe Carlos fará parte do cortejo fúnebre, mas não caminhará ao lado do irmão. Entre eles estará o primo, Peter Philips.

De acordo com o site oficial da casa real, a designação será um "funeral cerimonial real", mas não um funeral de estado, estatuto reservado a monarcas. A cerimónia religiosa será conduzida pelo Arcebispo da Cantuária.

As exéquias serão transmitidas na rádio e na televisão. A BBC transmite, através do site e da aplicação para telemóveis, a cerimónia e a cobertura noticiosa começará às 07h.

O caixão chegará às 14h40 à entrada do castelo de Windsor, transportado por um Land Rover, um veículo idealizado pelo próprio duque de Edimburgo para a ocasião.

Filipe e Isabel. 5 momentos marcantes de um amor que durou 82 anos
Filipe e Isabel. 5 momentos marcantes de um amor que durou 82 anos
Ver artigo

Os membros da família real que seguirão atrás da urna serão: a princesa Ana, os príncipes Carlos, Eduardo e Harry, o neto da rainha Isabel II Peter Philips, o príncipe William, Sir Tim Laurence, vice-almirante da Marinha Britânica e o conde de Snowdon (ex-marido da princesa Margarida). Serão estes que carregaram o caixão até à capela, onde se fará um minuto de silêncio, às 15h.

Na capela estarão 30 pessoas no total (entre as quais três membros da família alemã do príncipe Filipe). Todos usarão máscaras e praticarão distanciamento social. O corpo do príncipe Filipe será enterrado na capela do palácio de Windsor.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.