A história dos Estados Unidos vai ficar marcada esta terça-feira, 3 de novembro, dia em que milhões vão às urnas para decidir se será o republicano Donald Trump ou o democrata Joe Biden a assumir a presidência dos EUA nos próximos quatro anos. Apesar de as eleições se viverem com maior intensidade em terras de Tio Sam, por cá a novela política também é alvo de atenções e nada melhor para acompanhar esta madrugada do que comida.

Deixemos as pipocas para uma normal sessão de cinema, porque esta merece pratos mais consistentes de modo a aguentar a noite eleitoral que já se espera que seja longa até serem conhecidos os resultados finais (o que, provavelmente, não irá acontecer senão nos próximos dias). Para acompanhar as eleições de forma rigorosa, que tal pedir algo de acordo com os gostos dos candidatos?

Uma "grande confusão" e um país cada vez mais dividido. O que esperar das eleições entre Biden e Trump
Uma "grande confusão" e um país cada vez mais dividido. O que esperar das eleições entre Biden e Trump
Ver artigo

No caso de Donald Trump, quase todas as suas preferências recaem sobre fast food. Dos hambúrgueres à pizza (embora deixe as crostas de fora), para Trump tudo só fica completo com uma coca-cola, mas zero.

Já Joe Biden é fã de massa, principalmente se vier com um bom molho de tomate — só assim, sem mais nada, porque este candidato contenta-se com o mais simples. Ah, mas para finalizar não dispensa um gelado para sobremesa e se for um Magnum, tanto melhor.

Seja na UberEats ou na Glovo, veja tudo o que pode pedir de acordo com a preferência dos candidatos.

McDonald's

A cadeia de fast food McDonald's oferece não um, mas vários favoritos de Donald Trump. É o caso do Bacon & Egg McMuffin, que para Trump é o pequeno-almoço ideal. Contudo, este não está disponível nas plataformas de delivery, por isso o melhor é passar já para algo mais composto de acordo com a preferência do candidato.

É o caso do clássico Big Mac (3,70€), sempre acompanhado de uma coca-cola (2€), se possível zero. Mas normalmente o pedido de Trump não fica por aqui, segundo o diretor da campanha de Donald Trump, Corey Lewandowski. O candidato gosta ainda de pedir Filet-O-Fish (3,55€) e, para sobremesa, um batido de chocolate, embora não haja em regime de delivery.

O serviço de entregas da cadeia McDonald's está disponível entre as 12h e as 24h.

KFC

Seguimos a ementa de com mais uma escolha de fast food, desta vez no KFC. É outro dos favoritos de Donald Trump, desta vez não pelos hambúrgueres, mas pelo emblemático frango frito. Para pedir um igual, basta procurar na aplicação da Glovo ou Uber Eats.

Quatro pedaços de asas de frango frito ou de frango crocante panado custam 2,75€ e oito pedaços 4,24€.

Bife bem passado com ketchup

Já deu para perceber que Donald Trump é fã de carne. Desta vez deixamos o fast food de fora, embora as comidas pesadas se mantenham.

Para encontrar um bom pedaço de carne, tem como opção o restaurante Contrabando que serve piano de porco fumado com molho BBQ acompanhado de batata frita (15,90€), o 100 Gramas que tem acém grelhado no prato (a partir de 8,70€) — ambos apenas na UberEats —, e ainda no Family Burger & Steak House há um prato especial para partilhar: o Tomahawk, cerca de 1,1 quilos de carne grelhada servida com batata frita rústica, molho BBQ e farofa com bacon (65€).

Já em exclusivo na Glovo, pode pedir entrecôte maturado (16€) do restaurante BYF Steakhouse.

Pizza

Afinal, quem não é fã de pizza? Donald Trump, o maior fã de fast food, não podia se exceção e sinal disso a campanha de publicidade da Pizza Hut da qual fez parte em 1995 e na qual aparece a comer uma fatia.

trump
créditos: youtube

E não há nada mais fácil do que encontrar uma pizza da Pizza Hut na Uber Eats ou Glovo. Os preços variam entre os 6,50€, no caso da clássica margarita, passam pelos 8,50€, se pedir a individual veggie lovers ou cheeseham, e vão até aos 25,95€ para o menu cheesy bites.

Já agora, se quiser realmente comer o mesmo e como Donald Trump, terá de deixar a crosta da pizza no canto do prato.

Comida mexicana

Ao que parece Trump é ainda fã de uma boa bowl mexicana, o que de certa forma é contraproducente com a campanha que fez em 2016, em que prometeu um muro entre os EUA e o México e impedir a imigração ilegal vinda desse país. Contudo, a política e a gastronomia não parecem sentar-se à mesma mesa de Donald Trump, que em outubro de 2016 partilhou uma fotografia a comer uma taco bowl, que acabou por tornar-se viral.

Estamos agora em 2020, muita coisa pode mudar para o lado de Donald Trump, mas até lá pode pedir a sua própria taco bowl ou qualquer outra iguaria mexicana. Para isso, tem o restaurante Bala com tacos a partir de 6,50€, o El Cabron com tacos Al Pastor à Cabron (9,50€) e o Savage by Oliver que oferece um menu para até cinco pessoas com tacos, burritos, sushi rolls e churros (45€ ) — todos na UberEats.

Quanto à Glovo, pode optar por encomendar um menu completo com totopos, burrito e bebida (14€) do Amor y Odio ou um burrito com recheio de chili de carne de novilho, puré de feijão preto, queijo e arroz (14€) e outro vegetariano que troca a carne por legumes salteados (12€) no Las Ficheras.

Pasta com molho de tomate

Passando a Joe Biden, os gostos são também de comidas pesadas — não há candidato que se fique por uma simples salada —, mas mais simples. Biden gosta de uma descomplicada massa com molho de tomate e opções não faltam.

Pode pedir, por exemplo, uma pacherri al ragu (13,50€) da pizzaria Zero Zero, uns raviolis recheados com novilho, espinafres e molho pomodoro (8€) da Altravolta, ou ainda, apenas no Uber Eats, um linguine com camarões ao olho com tomate, funcho, açafrão, chilli fresco e rúcula (15,75€) do Jamie's Italian.

Gelados

Não é que o candidato democrata gosta um belo gelado depois de uma pasta vermelha? Para cumprir com a ementa, peça também a sobremesa favorita de Joe Biden. O candidato parece até que não é esquisito quanto a sabores ou formatos, mas nós dizemos onde pode comer dos gelados mais simples aos mais sofisticados.

Na UberEats encontra os gelados da Nannarella com caixas que começam nos 10,50€ e juntam dois sabores, como caramelo com flor de sal ou pistachio, a Santini cujas caixas de até três sabores custam 16,20€, e há ainda os gelados Magnum da Olá, os favoritos de Biden, que desde o de caramelo salgado ao de chocolate branco custam 5,99€ (embalagem de 440 ml).

Já na Glovo, pode pedir os emblemáticos Ben & Jerry's a partir de 7,49€.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.