Confesse: quando as cartas de brunch começaram a incluir no menu ovos Benedict, sabia apenas que eram bonitos, mas não fazia ideia da história ou sequer de como é que eram feitos. Lemuel Benedict perdoa essa ignorância, até porque no momento em que os comeu nem ele saberia que viriam a ter este nome.

É que tudo começou, ou melhor, acabou, com uma ressaca do tal Lemuel Benedict, um corretor da bolsa de Wall Street aposentado. Numa manhã, em 1894,  este homem terá entrado no velho Hotel Waldorf, em Nova Iorque, mais tarde denominado de Waldorf-Astoria, e pedido ao chef de cozinha, conhecido como Oscar do Waldorf, ovos escalfados com bacon sobre um muffin e ainda uma cobertura de molho holandês (feito com ovos, manteiga, limão e vinagre).

O autor do pedido invulgar e requintado para quem está de ressaca, deu então nome aos ovos da moda: Benedict. Contudo, esta história é um mito. Resultou de uma crónica assinada por Gregory Beyer sobre Nova Iorque, na secção "Cidade" do "The New York Times". No entanto, mais tarde, em 1942, a revista "The New Yorker" contou uma versão diferente.

Panquecas, bacon e frango frito. Chegou ao Porto o verdadeiro brunch americano
Panquecas, bacon e frango frito. Chegou ao Porto o verdadeiro brunch americano
Ver artigo

A revista deu o mérito da estrela dos brunches a Lemuel Benedict, embora até hoje o chef nunca tenha confirmado a autoria da ideia. Diz-se ainda que um descendente afastado de Lemuel, Jack Benedict, chegou a ter um restaurante dedicado aos ovos Benedict, que faliu passados seis anos.

O que é facto é que no obituário de Lemuel Benedict publicado pelo "The New York Times" não foi feita nenhuma referência aos famosos ovos. Só em 2005, quando um sobrinho de Lemuel morreu e a viúva colocou no obituário que Benedict foi o criador dos ovos servidos com molho holandês é que a história passou a ser reconhecida como verdadeira.

Conheça os 8 novos brunch ideais para desconfinar (e matar as saudades de uma mesa instagramável)
Conheça os 8 novos brunch ideais para desconfinar (e matar as saudades de uma mesa instagramável)
Ver artigo

Da próxima vez que estiver ressaca, já sabe qual o melhor prato a pedir ou fazer em casa, uma vez que a receita é bastante simples. Deixamos um exemplo.

Ovos Benedict

ovos benedict
créditos: lidl

Ingredientes (para quatro pessoas)
4 fatias pão de forma
6 ovos
8 fatias fiambre
1 pitada mostarda
1 pitada açúcar amarelo
2 colheres de chá de sumo de limão
1 colher de sopa vinagre
175 gramas de manteiga
1 colher de sopa de cebolinho
Sal e pimenta q.b.

Modo de preparação
Coloque água abundante numa panela e deixe ferver. Adicione sal e vinagre. Derreta a manteiga numa caçarola pequena até que a proteína fique depositada no fundo, sem deixar que a manteiga fique escura. Escorra cuidadosamente a manteiga líquida, de modo a que esta se separe da proteína. Separe as gemas e as claras de dois ovos (utilizar as claras para outras receitas). Bata as gemas, a mostarda e uma a duas colheres de sopa de água em banho-maria até obter um preparado espumoso. Junte a manteiga morna em fio, mexendo sempre até o molho ficar ligado. Retifique o tempero com sal, pimenta, açúcar e sumo de limão e reserve em local quente. Entretanto, parta os restantes ovos, um a um, para uma concha de servir sopa e adicione, um a um, à água temperada com vinagre. Deixe escalfar durante três a quatro minutos em água a fervilhar. Retire e deixe escorrer bem. Torre o pão de forma, guarneça com fatias de fiambre, junte um ovo e cubra com o molho. Polvilhe com o cebolinho picado e sirva de imediato.

Esta receita é da página do Lidl.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.