Andamos básicos, não é? Depois dos pregos, eis os bitoques — aqueles dois pratos que pedimos quando estamos indecisos, quando queremos algo seguro num restaurante desconhecido ou apenas um prato de conforto. E como sabe sempre bem, é melhor ter na cabeça pelo menos algumas referências para um bitoque de última hora.

Antes que não vá parar a sítios onde é servido sem ovo ou sem batatas a acompanhar, deixamos uma lista com alguns dos melhores bitoques que se podem encontrar em Portugal.

À transmontana, com broa ou numa cataplana: onde comer bacalhau de norte a sul do País
À transmontana, com broa ou numa cataplana: onde comer bacalhau de norte a sul do País
Ver artigo

Óbvio que além de bom quer-se barato, e também tivemos atenção a isso de modo a que não se arrependa de ter ido antes para um restaurante italiano comer uma pasta à la qualquer coisa mais fina do que carne com ovo a cavalo. No entanto, como em tudo na gastronomia, até o bitoque foi reinventado e para os que se atrevem a provar novas combinações, deixamos também uma proposta de Olivier da Costa. Pronto para rebentar o ovo trémulo e molhar um pedaço de pão?

Prego e Meio

Prego e Meio
Prego e Meio créditos: marialagarico/instagram

Um bitoque junto ao mar? Porque não? O Prego e Meio, na Ericeira, abriu portas em junho de 2021 e entre asinhas de frango "à passarinha" e espetada de queijo grelhado e mel, já conquistou os clientes com o bitoque.

Um deles foi a "gastrófila nos tempos livres" e autora do blogue suns.eat, Maria Lagariço, que fez uma descrição completa deste bitoque: "Bife médio mal, batata bem frita e caseira, molho guloso e salada a acompanhar, para manter o equilíbrio da refeição".

O valor? Vai ter de descobrir na visita. Também disponível em take away.

XXL

XXL
créditos: SALVADOR COLACO

Só pelo nome do restaurante, a dose não parece ser pequena, nem a qualidade, já que trata-se do recente conceito do empresário Olivier da Costa. No XXL, além de novos pratos, vai encontrar um bitoque de lagosta que relativamente ao tradicional muda apenas a proteína: em vez de carne, é feito com marisco. Tudo o resto, o ovo, o arroz e as batatas, mantém-se.

Este bitoque custa 68€ (valor de esperar para uma refeição digna de lagosta). Bom apetite.

Morada: Calçada da Estrela 57, Lisboa
Telefone:  911 807 513
Horário: 19h30-01h

Tico Tico & Novo Rio

Tico Tico & Novo Rio
Tico Tico & Novo Rio créditos: instagram/hungrymelim

Ao procurar pela hashtag #melhorbitoque, não é que nos apareceu o do Tico Tico & Novo Rio, em Alvalade, Lisboa? #Temovoacavalo, #tembatatas #temmolho #epãonamesa. Pode ser um bitoque de pojadouro (13,50€) ou de lombo (17,50€) e é sempre feito à moda Tico Tico.

Também é possível levar para casa em take away.

Tico Tico & Novo Rio

Localização: Av Rio de Janeiro, 19 C e D, 21 e 21A, 1700-330 Lisboa
Reservas: +351 218 491 495 ou +351 931 318 643 (Tico-Tico)
Horário: de segunda-feira a domingo das 12h às 22h30

Kul

Kul
Kul créditos: instagram

Lembra-se d'O Poeta, uma marisqueira no Largo Luís de Camões, em Cascais? Agora é o Kul, mas continua a declamar a mesma poesia: boa comida, apenas diferente. Trocou o peixe pela carne a transformou-se numa steakhouse onde pode encontrar carne nos mais variados feitios, seja em hambúrguer ou no prato, como se quer o bitoque.

O bitoque do Kul é da vazia e custa 13,50€.

Kul

Localização: Largo Luís de Camões 81, 2750-282 Cascais
Reservas: 913 043 389
Horário: todos os dias das 12h às 24h

Petiscos Do Miguel

Ovo Cru
Ovo Cru créditos: _ovocru_/instagram

Mais um bitoque, desta vez no Petiscos Do Miguel, no Entroncamento, Sacavém. A iguaria deste espaço foi descoberta e partilhada pelo conhecido autor do Instagram Ovo Cru, que descreveu de forma simples o prato que não se quer com muitas invenções: "O ovo é de galinha, o garfo é de carne. A vaca era grande. As batatas vinham à parte por razões lógicas", pode ler-se.

Quanto ao preço, "demasiado económico".

Petiscos Do Miguel

Localização: Rua das Mirandas, lote D, loja esquerdo, ANTIGO MALABAR 2685084 Sacavém
Reservas: 21 820 8279
Horário: de segunda-feira a sábado das 12h às 15h; sexta-feira até às 22h; sábado até às 23h

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.