A 4 de agosto, o Rebel Asian lançou uma proposta, seguindo o exemplo de muitos outros restaurantes no mundo. Em resposta às constantes solicitações de influenciadores que pedem refeições em troca de publicações nas suas redes sociais, propuseram o seguinte: passarem pelo asiático do Cais Sodré, saborearem a refeição e pagarem aquele consumo para que, posteriormente, esse valor pudesse ser doado a uma instituição de solidariedade.

Dois meses depois de o desafio ser lançado, o resultado é este: nenhuma influenciadora quis participar no desafio, conta Luís Gasparinho, um dos sócios do restaurante, à MAGG. "Nenhuma, zero", diz. "Recebemos mais cerca de dez mensagens a pedir refeições em troca de posts, a que respondemos com a publicação do desafio." Em resposta, algumas influenciadoras manifestaram indignação, enquanto muitas aplaudiram a iniciativa. Mas foi só isso. "Depois, nada", conta. 

Rebel Asian. Este restaurante de Lisboa não dá borlas a influencers (mas convida-as a ir lá, pagar e doar o dinheiro à caridade)
Rebel Asian. Este restaurante de Lisboa não dá borlas a influencers (mas convida-as a ir lá, pagar e doar o dinheiro à caridade)
Ver artigo

Como é que surgiu esta ideia? Terá sido um estabelecimento na Grécia que captou a atenção do sócio do Rebel Asian. Lançou um desafio muito semelhante: por cada refeição que uma influencer publicasse nas redes sociais e pagasse no restaurante, o estabelecimento oferecia uma refeição no mesmo valor a uma pessoa que verdadeiramente necessitasse dela.

E já que falamos no Rebel Asian, passemos às novidades: há uma carta nova, que levou a que todas as secções — das entradas aos principais — recebessem novas propostas. Os destaques, salienta Luís Gasparinho, vão para a maior aposta em opções vegetarianas, na introdução de mais baos (de peixe), e nas bowls frias.  

Vamos a exemplos: a bowl de tofu e cogumelos (12€), o bao salmão califórnia (8,5€) e o regresso do corn tempura (6,5€).

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.