Este foi um parto difícil. A ideia de ter um espaço de brunch na Bica já tem quase dois anos, mas João Candeias só teve a licença da câmara em plena pandemia. Ainda ponderou não avançar, mas a vontade de ter um negócio próprio na área da restauração falou mais alto e o Meio da Bica abriu mesmo.

Desde setembro que o bairro da Bica deixou de ser apenas um sítio para ir beber copos — ainda que agora limitados. "Quase tudo ali abre a partir do fim da tarde, e com tanta gente e tantos turistas de Airbnb na zona, faltava um espaço para um boa refeição durante o dia", conta à MAGG o proprietário.

Morada: Travessa do Cabral, 36, Lisboa
Horário: quarta-feira a domingo 9h-17h

Chamou a amiga e chef Inês Pedroso para tomar conta da cozinha e juntos montaram um menu de inspiração mediterrânica. "Não nos quisemos foi ficar pelos países mais próximos e os pratos mais habituais, e fomos até ao Médio Oriente", refere João. Não se espante por isso que no meio de nosso azeite e do nosso tão típico pão, esteja um prato de falafel ou de shakshuka.

A ideia aqui é ter mesa posta para pequeno-almoço, almoço e brunch, com tudo a que temos direito.

Ressaca Brunch. A cura serve-se à mesa do Guilty by Olivier com mac and cheese, panquecas e milk shake
Ressaca Brunch. A cura serve-se à mesa do Guilty by Olivier com mac and cheese, panquecas e milk shake
Ver artigo

Para o brunch há três menus: o Bica Fast (12€) com pão, croissant, manteiga, queijo, fiambre e compota, ovos mexidos, bolo, sumo de laranja e bebida quente; o 1/2 Bica (14€) com direito a uma tosta, uma bowl de iogurte, granola e fruta, bolo ou salada de fruta, sumo e bebida quente e ainda o Bica e 1/2 à Mediterrânico (18€) com vários tipos de pão, húmus, babaganoush, feta e azeitonas, falafel e tabbouleh, sumo bebida quente e sobremesa.

Como se isto não fosse suficiente, ainda há uma lista de pratos que pode acrescentar, como a tábua de enchidos (12€) ou sopa de couve flor (3,50€).

Para almoço, há um menu executivo, com tosta ou prato, bebida e bebida quente (10€).

Dentro das tostas, há a de salmão e rúcula (7€), a de abacate, agrião e ovos mexidos (7€), a de ovo escalfado com molho de tomate e mozzarella (7,50€), e a de ovo benedict, prsunto e espinafres (7,50€).

Os pratos são o ex-libris do Mediterrâneo: shakshuka servida com pão de tomate (9€), falafel com tabbouleh (8€) e salada de queijo feta, alcachofras, tomate cherry, cebola roxa, azeitonas, pepino e rúcula (9,5€).

Mas também há hambúrgeres vegetarianos (9€), sempre acompanhados com batata assada e molho cítrico.

Para adoçar o momento — e se ainda conseguir, depois desta overdose de comida da boa — conte sempre com um bolo do dia (3€) ou um brownie com nozes e laranja confitada (2€).

Para dar vida ao bairro durante o dia, o Meio da Bica está aberto de quarta-feira a domingo das 9h às 17 horas.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.