São altas, fofas, mas não enchem o estômago. Isto porque Thiago Rocha faz questão de dar sempre tempo para a massa crescer naturalmente. As suas pizzas são de fermentação natural e com opções para todos — e nem os vegan ficam de fora.

Este geógrafo deixou o Brasil há quatro anos, mas foi ainda lá que começou a querer saber mais sobre este mundo da fermentação. Testava em casa, estudava, tirava cursos e os amigos e a família eram as cobaias. Já em Lisboa, começou a levar este hobbie mais a sério e criou um conceito de pizza itinerante.

"Tenho um forno portátil e montava onde fosse preciso", conta Thiago à MAGG. Continuava a cozinhar para amigos, mas também em festas particulares ou eventos pontuais. Um deles aconteceu no Valsa, um espaço de convívio multicultural e multi-usos na Penha de França,  e de lá nunca mais saiu.

Plant Base. Acaba de nascer um laboratório vegan — com pizzas, empanadas e comida paquistanesa
Plant Base. Acaba de nascer um laboratório vegan — com pizzas, empanadas e comida paquistanesa
Ver artigo

Em 2019, dedicou-se aos eventos pop up naquele espaço, sempre de casa cheia. Mas este ano, já ninguém quer estar à espera por uma data especial para provar as pizzas do Thiago. E é por isso que se tornou residente do Valsa, com um menu que varia consoante os produtos da época e a sua imaginação.

"Mas há pizzas que o povo não deixa que saiam da lista", brinca Thiago. É o caso da de pesto de caju e da de cebola roxa caramelizada com queijo roquefort.

A essas juntam-se esta semana a marinara vegan, com tomate, alho, orégãos e manjericão e a de salame picante. Os preços variam entre os 8 e os 9€.

Os dias no Valsa são uma festa e as atividades são mais que muitas. Para tudo o resto há que acompanhar as redes sociais para ficar a par de tudo o que lá acontece, mas para comer estas pizzas é só aparecer às sextas, sábados e domingos das 18h às 22 horas.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.