Tem mais um restaurante para incluir na lista de sítios para conhecer em Lisboa ou até juntar uns amigos num dos vários jantares de Natal que marcam dezembro: o Rio de Prata abriu portas em novembro, no complexo Prata Riverside Village, nos jardins do Braço de Prata, em Marvila, e está pronto para o deliciar com propostas tipicamente nacionais, mas com um toque de modernidade.

Ao comando da cozinha está a chef Carla Sousa, que trocou o restaurante Sítio, do Valverde Hotel (onde tivemos oportunidade de conhecer a chef aquando da remodelação do espaço do hotel de cinco estrelas), por este novo desafio, que assume ter opções para todos.

Itália chegou à capital. Já pode deliciar-se com o mozzarella bar do Obicà em Lisboa
Itália chegou à capital. Já pode deliciar-se com o mozzarella bar do Obicà em Lisboa
Ver artigo

"A carta do Rio de Prata engloba propostas para todos os paladares. Trabalhamos diariamente com os produtos mais frescos para criar pratos deliciosos e com o máximo de qualidade. A nossa inspiração para as criações apresentadas no restaurante é a gastronomia portuguesa, que é extremamente rica e autêntica”, explica a chef em comunicado a propósito desta abertura.

Chef Carla Sousa
Chef Carla Sousa

E o que é que vai pode encontrar nesta carta tão abrangente? Nas entradas, há propostas para partilhar como croquete de alheira e compota de pimentos (8€), chamuça de pato e laranja caramelizada (9€), carpaccio de novilho (11€) e tempura de legumes da horta (8€), entre outras opções, que incluem pratos vegetarianos.

Nos pratos principais, a atenção a quem não consome proteínas animais continua com a inclusão de opções como legumes assados em lenha (15€) e creme de espargos brancos e amêndoa torrada (6€), mas há muitas propostas de peixe e carne, incluindo cortes para os mais carnívoros.

Saboreie opções como tentáculo de polvo (18€), atum braseado com xerém e berbigão (19€), bacalhau à Chef (17€), bochechas  estufadas com puré de castanha e maçã (17,50€) e entrecosto caramelizado (18,50€), entre outras.

Polvo
Já estamos a babar para este polvo.

Nos cortes de carne, tem na carta opções como bisteca T-Bone (45€) e tornedó de novilho (18€), quem podem ser acompanhadas com molho de cerveja Estrella Damm ou molho à marrare. Não faltam as sobremesas, e há uma na ementa que salta logo à vista: a tarte de queijo e telha de medronho (6,50€).

Rio de Prata: a estreia gastronómica na nova zona de capital

Este restaurante é o primeiro a nascer no complexo Prata Riverside Village, uma zona que se antecipa que venha a ser um ponto de interesse na capital. Quem teve o chamado olho para o negócio foi Bernando Ventura, proprietário do Rio de Prata, que não hesitou em agarrar a oportunidade de estrear um espaço gastronómico neste complexo.

Bernardo Ventura
O proprietário, Bernardo Ventura.

"Esta zona de Lisboa é muito agradável e tem cada vez mais movimento. Um dia, o meu pai, que trabalha aqui perto, viu este espaço disponível e eu fiquei logo interessado. Algum tempo depois, o Rio de Prata começou a ser desenhado e construído, com o intuito de ser um restaurante versátil, adequado a todas as faixas etárias, e onde a qualidade do produto e o atendimento ao cliente são as peças-chave", salienta o proprietário.

Rio de Prata
O restaurante tem duas salas, balcão e ainda esplanada.

O restaurante tem duas salas, com capacidade para 57 lugares, combinadas, balcão e ainda esplanada. É nestes espaços que pode provar as criações da chef Carla Sousa que, em janeiro, acrescenta duas propostas de peso à oferta do Rio de Prata: arroz de cabidela e cabrito.

Morada: Prata Riverside Village, Rua F aos Jardins Braço de Prata 8, loja 6
Telefone: 218 681 080
Horário: 12h30-23h, exceto domingo, aberto desde o 12h30 às 17h (fecha à segunda-feira e terça-feira)

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.