Depois de uma nomeação histórica nos Óscares, Portugal continua a somar distinções em certames internacionais de cinema. Isto porque há dois filmes de João Canijo, cineasta português, em competição no Festival de Cinema de Berlim, segundo a programação do mesmo.

"Mal Viver" e "Viver Mal" garantem, assim, a participação de João Canijo nesta competição pela primeira vez. A primeira longa-metragem está na corrida pela disputa do Urso de Ouro, o prémio principal, e a segunda foi distinguida na secção Encontros, que visa exaltar "novas visões cinematográficas", segundo a Lusa, citada pelo "Expresso".

A  história de "Mal Viver" incide sobre uma família de mulheres de várias gerações, que lutam pela estabilidade de um hotel que herdaram. O elenco conta com alguns nomes bem conhecidos do público português, como Rita Blanco, Anabela Moreira, Madalena Almeida, Cleia Almeida, Filipa Areosa, Nuno Lopes – e a lista continua.

Veja os nomeados aos Óscares sem sair de casa. Saiba que filmes já estão na TV e em streaming
Veja os nomeados aos Óscares sem sair de casa. Saiba que filmes já estão na TV e em streaming
Ver artigo

Já "Viver Mal" tem como mote a mesma história, mas o foco é diferente. Em vez de serem as mulheres o centro da trama, serão os hóspedes do tal hotel que estas herdaram. Ambos os filmes, cujas gravações aconteceram em 2021, tiveram o Hotel Parque do Rio, em Ofir, no concelho de Esposende, como cenário, e a estreia nas salas de cinema está marcada para 11 de maio, segundo a mesma publicação.

Depois de também "Ice Merchants", curta-metragem de animação de João Gonzalez, ter sido indicada para os Óscares, fazendo com que Portugal esteja representado nos galardões pela primeira vez, o presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, aproveitou para dar os parabéns a ambos os realizadores portugueses. E fê-lo numa nota divulgada no site da Presidência da República.

"O reconhecimento internacional do cinema português tem merecido ao Presidente da República a devida atenção, em mensagens, encontros com cineastas ou na recente distinção atribuída a Abi Feijó [produtor e realizador de cinema]", começa por dizer o comunicado. "A inédita nomeação de um filme português (a curta-metragem de animação ‘Ice Merchants’, de João Gonzalez) para os Óscares, tal como a anunciada presença de duas obras de João Canijo (‘Mal Viver’ e ‘Viver Mal’) no Festival de Berlim, são novos motivos de regozijo e de confiança”, conclui.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.