"Rita e a Aventura Feliz" é o novo livro da cantora Rita Redshoes, que fala sobre a importância da saúde e pretende promover o bem-estar e equilíbrio dos mais novos. A obra destina-se ao público infantil (para crianças com idades compreendidas entre os 3 e os 10 anos), e aborda temáticas como atividade física, alimentação saudável e gestão de emoções. 

"Valorizo bastante, e é pertinente falarmos sobre isso, a educação emocional das crianças, mostrando que nenhuma emoção é errada. É importante que reconheçam isso e o possam trabalhar", refere Rita Redshoes em entrevista à MAGG.

"Não expressar emoções é o pior que podemos fazer a nós próprios". Psicóloga explica como lidar com o que estamos a sentir
"Não expressar emoções é o pior que podemos fazer a nós próprios". Psicóloga explica como lidar com o que estamos a sentir
Ver artigo

O título deste novo projeto justifica-se pela própria história do livro, que se resume a um dia em que Rita vai numa visita de estudo da escola e passa por três plataformas mágicas num parque de diversões. Em cada uma delas, aprende algo sobre alimentação saudável, exercício físico e, no final, entra numa casa de espelhos, a "casa das emoções", em que cada uma das salas retrata as emoções básicas do ser humano: alegria, tristeza, medo e raiva. 

"Somos uma sociedade, mesmo nas escolas, que ainda não valoriza o suficiente as emoções e se o fizéssemos, desde pequenos, seríamos mais maduros e felizes, daí a escolha deste título”, explica a cantora, acrescentando que a reação das crianças foi “surpreendente”. 

Esta nova obra, uma parceria de Rita Redshoes com a Betweien, trata-se de uma extensão do primeiro livro, “Rita e a Floresta dos Legumes", lançado em 2017, e mais focado na alimentação saudável. Ambos os projetos contam com músicas originais da cantora, e uma das letras que a compositora destaca refere que “as emoções não são para esconder”, resumindo uma das mensagens principais do livro.  “As crianças já gostavam muito da primeira história e tive relatos de pais que me escreviam a dizer que os filhos tinham comido a sopa pela primeira vez, portanto objetivo cumprido”, revela Rita Redshoes.

Para a cantora, que falou sobre saúde mental e da sua depressão pós-parto em fevereiro deste ano, numa entrevista dada ao Observador, este projeto é benéfico para as crianças, mas também para os pais. “Falar das emoções na escola pode ajudar também em casa as crianças a gerirem melhor o que sentem. E os pais, eventualmente através deste livro, podem continuar a trabalhar esta questão”, afirmou.

Livro vai ser a inspiração para uma peça de teatro

Nas duas apresentações deste projeto, que decorreram online para algumas escolas, a artista aproveitou o momento para cantar  várias canções que compôs para o livro. “Foi muito bom ver as crianças, através das salas que tinham câmaras, a dançar”, recorda, acrescentando que recebeu um feedback positivo sobre o projeto. "É muito valioso passar estas ideias através da arte e da brincadeira, porque é essa linguagem das crianças'', sublinhou, avançando que há mais novidades relacionadas com o lançamento do livro. "Vamos ter uma peça de teatro presencial, mas ainda está em construção. Poderá ser vista nas escolas em breve."

Livro infantil quer sensibilizar a sociedade para a prematuridade. "Lutaram pela vida desde bebés"
Livro infantil quer sensibilizar a sociedade para a prematuridade. "Lutaram pela vida desde bebés"
Ver artigo

Além da escrita, Rita Redshoes interessa-se por adaptar a música às várias fases das crianças e ao seu entendimento, sobretudo após ter sido mãe de Rosa, que tem quase 4 anos. "A minha filha inspira-me muito e vou aprendendo e relembrando muitas coisas com ela. Aliás, ela é uma das personagens do livro. Às tantas, a Rita e a Rosa fazem uma receita espetacular."

Rita Redshoes conta com cinco discos na sua carreira a solo. O mais recente trabalho, considerado o “mais intimista de sempre", intitula-se “Lado Bom” e será apresentado ainda este mês, a 29 de abril, no Capitólio, em Lisboa. 

No campo da literatura, tem mais quatro obras editadas: "Sonhos de Uma Rapariga Quase Normal" (2015, Guerra & Paz), onde é autora ilustradora, o livro infantil "O Gato Surucucu e o Corvo Negro" (2016, Science'4you) e "Rita e a Floresta dos Legumes" (2017, Betweien).

“Rita e Aventura Feliz” foi lançado nos dias 6 e 7 de abril, datas em que se celebraram o Dia da Atividade Física e o Dia Mundial da Saúde respetivamente, e não está disponível para venda nas livrarias, mas sim no site da empresa Betweien.

Veja as fotos das apresentações do livro.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.