Comprar preservativos deixou há muito de ser uma escolha fácil — e ainda bem, porque a verdade é que, além do que terem o efeito desejado de método contracetivo e de proteção contra DST, eles servem agora para dar um prazer extra à relação sexual. Com diferentes cores e aromas, mais ou menos espessura, texturas diferentes ou vários níveis de lubrificação: estas são opções que já se encontravam no mercado, mas a Control decidiu ir mais longe e acaba de lançar uma nova linha onde as temperaturas passam a ser sentidas como nunca antes.

Não, o sexo anal não é sempre doloroso. Descubra 7 mitos e como sugerir ao seu parceiro
Não, o sexo anal não é sempre doloroso. Descubra 7 mitos e como sugerir ao seu parceiro
Ver artigo

Quente ou frio? A escolha será sua, mas a marca garante que qualquer uma das opções irá trazer novas experiências à intimidade dos portugueses, já que os novos produtos constituem uma inovação no setor, ao serem fabricados a partir de uma tecnologia que provoca estas duas sensações.

Control Hot Passion é uma das alternativas, na qual os preservativos contêm uma lubrificação especial que permite sentir um agradável efeito de calor, ao mesmo tempo que intensifica o prazer, devido a pontos e estrias estrategicamente localizados. Já o gel da mesma linha tem função três em um – massagem, lubrificante e estimulante –, e provoca um efeito de calor, tornando-se ideal para todo o corpo. A outra linha é a Control Ice Feel. Nesta gama, os preservativos são lubrificados com aroma de menta, que proporciona também um prazer extra à relação sexual, e o gel de massagem três em um apresenta também um efeito frio.

A nova linha foi lançada esta terça-feira, 25 de maio, e já está disponível em lojas de retalho e em farmácias e parafarmácias. O preço da embalagem de dez preservativos é 8,90€ e o gel de massagem três em um custa 7,90€.

Nova linha Quente e Frio
créditos: Control

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.