A maioria das bolachas e dos cereais consumidos ao pequeno-almoço têm excesso de sal e açúcar. É esta a conclusão de uma investigação do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA), que indica que estes alimentos têm níveis de sal e açúcar muito superiores àqueles que são os recomendados pela Estratégia Integrada para a Promoção da Alimentação Saudável (EIPAS).

A conclusão não deixa margem para dúvidas. "98,3% das bolachas e 89,2% dos cereais de pequeno-almoço estavam rotulados com teores de sal e/ou açúcar superiores aos desejáveis", lê-se no relatório assinado pelos investigadores e citados pelo jornal "Público". Da amostra para análise fizeram parte 594 bolachas e 167 cereais geralmente consumidos ao pequeno-almoço.

E se nas bolachas foi possível encontrar uma mediana 25g/100g de açúcar e 0.7g/100g de sal, nos cereais essa unidade foi de 21g/100g para o açúcar e de 0.5g/100g de sal.

Receita. Bolachas saudáveis com 5 ingredientes
Receita. Bolachas saudáveis com 5 ingredientes
Ver artigo

Segundo as metas estabelecidas pela EIPAS, que definem valores máximos de 5g/100g de açúcar e cuja dose recomendada de sal varia entre 0.2/100g e 03.g/100g, os valores encontrados estão muito acima daquilo que é recomendado e até desejável nestas opções.

O mais grave, segundo os investigadores, é que a quantidade de  bolachas e cereais cujos teores de sal e açúcar estão em conformidade com aqueles estipulados pela EIPA é muito pequena — e apenas dez (1.7%) bolachas e 18 (10.8%) cereais à venda nas grandes superfícies comerciais cumprem os requisitos.

Apesar disto, os investigadores dizem que "é possível atingir as metas propostas, pelo menos para algumas subcategorias destes produtos, e que é desejável uma reformulação progressiva pela indústria, tendo em consideração o elevado consumo destes alimentos".

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.