"Humanos" é o novo desafio de Ana Rita Clara que, após dois anos afastada da televisão, regressa em duas frentes: a apresentadora de 42 anos conduz o formato, mas é também a autora da série, que vai contar com dez episódios.

Em conferência de imprensa com os jornalistas, na qual a MAGG marcou presença, Ana Rita Clara explicou que este é um formato que pretende explorar emoções fortes. "A minha perspetiva pessoal enquanto autora, criadora e a pessoa que conduz as próprias conversas com estes protagonistas — porque estas pessoas é que são os protagonistas — trouxe-me a mim e à minha equipa emoções muito fortes. Deu-me um olhar sobre a vida real completamente diferente, que era o meu propósito desde o início."

Ana Rita Clara está de regresso à televisão. Saiba quando estreia o novo programa da TVI
Ana Rita Clara está de regresso à televisão. Saiba quando estreia o novo programa da TVI
Ver artigo

Ana Rita Clara admitiu que este programa a colocou noutra perspetiva "perante aquilo que é realmente o valor da vida, o que realmente importa, o que nós valorizamos". A autora afirma ainda que o novo projeto é uma "série de emoções, de alegria e revolta". "Às vezes, ficamos um pouco perplexos em perceber como é que existem tantas injustiças ou como é que existem pessoas que têm acesso a tantas coisas e outras têm que lutar para lá chegar", salienta.

Após o afastamento do pequeno ecrã, Ana Rita Clara revelou que este regresso "está a ser maravilhoso" e que aproveitou o tempo de ausência para se dedicar ao mundo digital e à vida pessoal. Em relação à criação deste projeto, a autora afirmou que este formato nasceu em plena pandemia e que sempre teve o desejo de criar algo deste género. "Queria criar um conceito diferente, que me retirasse da minha própria zona de conforto e que fosse uma oferta diferente para o público", revelou.

Sobre a escolha do nome — "Humanos" —, Ana Rita Clara revela que elegeu o termo por acreditar que "nada é mais real e forte do que esta palavra". Cada episódio vai relatar uma profissão e terá o seu respetivo protagonista. A apresentadora explicou ainda que o episódio piloto vai ser dedicado aos pescadores e descreveu a experiência como "algo muito forte, uma sintonia muito graciosa de como as coisas aconteceram muito naturalmente".

Este projeto exigiu muito trabalho, pesquisa e vários dias em terreno — e muitos desafios. "Tivemos a pandemia que nos dificultou e a própria escolha das profissões. Em alguns casos, haviam algumas que gostávamos ter filmado e não foi possível devido à máscara", explicou a apresentadora.

Cada história vai trazer emoções fortes e um dos objetivos deste programa passa por transmitir lições de vida. "Com este programa, procuramos que as pessoas reflitam sobre o outro, que se tornem empáticas, que tenham curiosidade em descobrir o outro", explicou Ana Rita Clara. "Chorei muito durante as filmagens. Emocionei-me muito. Houve momentos em que tive que parar."

Este é mais um desafio na carreira da apresentadora ,que descreve esta experiência como "a mais transformadora" que já viveu. Ana Rita Clara acredita que é "o início de uma linda história de um programa de televisão". Além do programa, vai ser realizada uma exposição fotográfica com os rostos dos protagonistas de "Humanos", que vai contar com uma componente digital.

"Humanos" estreia este domingo, 3 de outubro, antes do "Jornal da Uma". A série vai contar com dez episódios, que serão repetidos na TVI Ficção.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.