Chega aquela altura do ano em que uns vêm de férias e outros estão prestes a ir, dependendo se preferem o ambiente mais calmo de junho e julho ou mais agitado de agosto no Algarve ou noutras zonas do País que pedem uma visita com bom tempo. Seja qual for o seu caso, uma esplanada ou rooftop ao final do dia vem a calhar para descontrair e desfrutar do pôr do sol.

Os últimos raios do dia pouco bronzeiam, mas quem já foi de férias não precisa disso, apenas de mostrar a corzinha de verão, enquanto agarra na mão uma das várias cervejas da Musa das Virtudes, no Porto, cuja esplanada é ainda mais apetecível no verão.

O que casa bem com pôr do sol, vista Tejo e sandes de patanisca? Os cocktails do rooftop do Bairro Alto Hotel
O que casa bem com pôr do sol, vista Tejo e sandes de patanisca? Os cocktails do rooftop do Bairro Alto Hotel
Ver artigo

Já em Lisboa há um novo rooftop para descobrir, o IDB Lisbon, com vista panorâmica num sítio inusitado: o antigo edifício Entreposto, agora IDB Lisbon - Innovation & Design Building Lisbon.

Ainda na cidade de Lisboa, próximo do rio Tejo e com vista para o mesmo, o Terraço Editorial convida a mais do que ver a vista.

Já vamos revelar tudo, agora é momento de escolher onde ir depois do trabalho ou da praia para aproveitar as tardes de bom tempo e, quem sabe, as noites agradáveis do verão.

1. Musa das Virtudes

Musa das Virtudes
Musa das Virtudes créditos: instagram

Retificamos já: Beertudes. É muito à base de beer, isto é, cerveja, que vão ser os finais de tarde na esplanada da Musa das Virtudes, no Porto. Uma das virtudes de visitar este espaço é que em poucos metros quadrados encontra 15 torneiras de cervejas prontas a sair bem fresquinhas para dentro do copo, que pode ficar mais louro, com a blondie ale, ou mais escuro, com a twist & STout.

Para acompanhar há um menu à moda da Leoa, o João e o Cristiano, que são quem manda na Musa das Virtudes. Mandam também para o prato pão paratha, grão de bico, amba de dióspiros e romã (7€), para o pão atiram queijo taleggio, panado, kale, pickle de pêra rocha (7€) e para à gula ousam dar tarte de marmelos, pó de malte, sour cream (5€).

Como se não bastasse, o espaço costuma tornar virtuosos os fins de semana e para o próximo já estão planeados vários momentos musicais, como as influências techno e ritmos tribais de Gnaman Koudji, a 30 de julho, e sets do soul ao rock por Le Cirque du ƒreak.

Musa das Virtudes

Localização: Passeio das Virtudes 28, 4050-629 Porto
Reservas: 935 494 960
Horário: segunda, quarta e quinta-feira, das 16h às 00h; sexta-feira, das 16h à 1h; sábado, das 14h à 1h; domingos e feriados, das 14h às 23h

2. Guindalense Futebol Clube

Guindalense Futebol Clube
créditos: saltar_fronteiras/By Anibal Jacinto/Instagram

Icónico. É a palavra que nos ocorre para falar sobre o Guindalense Futebol Clube, nas escadas dos Guindais, no Porto. É uma das esplanadas mais famosas na cidade, onde não falta uma vista impressionante sobre o rio Douro, que bem representa o Porto, também conhecido pelos cachorrinhos, numa baguete tostada e com recheios vários, desde queijo a linguiça.

No Guindalense Futebol Clube não interessa o clube de quem visita o espaço, só a equipa em que joga: imperial ou um vinho fresquinho?

A esplanada fica entre a Ponte D. Luís, as escadas dos Guindais e a Muralha Fernandina, e se animação teve durante o São João, ainda mais terá agora que é verão (rima e até podia estar num manjerico).

Guindalense Futebol Clube

Localização: Escada dos Guindais, 4000-279, Porto
Horário: Das 12h às 22h00 durante a semana e fechado ao fim-de-semana (enquanto vigorarem restrições de horário)
Telefone: 222 034 246

3. À Margem

À Margem
À Margem créditos: instagram

Chegamos agora a Lisboa, mais precisamente À Margem. Isto é: à margem do Tejo, à margem da brisa da manhã ou do fresco do final do dia, à margem de cair nas propostas gastronómicas de sabores bem portugueses.

Pode prová-los em modo petisco ao pedir, por exemplo, bruschetta de presunto (7,50€) e salada de polvo (8€), ou em algo mais composto, como o bacalhau com broa em crosta, espinafres e batata assada (14,50€) ou o arroz de pato à antiga (12,50€).

Qualquer momento — pré, durante ou pós refeição —, pede que acompanhe a visita à esplanada da doca do Bom Sucesso com uma Bolina (desde 2,80€), uma das primeiras cervejas a surgir em Portugal, sangria de espumante rosé e frutos vermelhos (30€) ou a seleção de vinhos, que até ao final de julho são a estrela do Vinho ao Vivo, Festival Europeu do Terroir.

À Margem

Localização: Doca do Bom Sucesso-Lisboa|1400-038
Reservas: 918620032
Horário: todos os dias, das 10h às 23h30; domingo até às 21h

4. Zambeze Restaurant & Rooftop Bar

Zambeze Restaurant & Rooftop Bar
Zambeze Restaurant & Rooftop Bar créditos: zambezerestaurante

Entramos agora nos rooftops. O primeiro de que vamos falar faz parte do Zambeze Restaurant & Rooftop Bar, situado na calçada Marquês de Tancos, edifício Emel, que quando quer não passa só multas: quem visita o restaurante tem duas horas de estacionamento grátis.

Só por isto já estão reunidas condições para visitar o rooftop, mas há mais motivos. A vista sobre a cidade, com o rio Tejo a espreitar, é um deles, ao qual se juntam os vinhos a copo (desde 5€), as sangrias (desde 7,50€ o copo) e os cocktails clássicos, como tequilla sunrise, com tequilla, sumo de laranja e groselha (8€) a combinar com o verão.

Já a combinar com as bebidas está a carta do rooftop, que inclui opções leves como choquinhos à bulhão pato (15,50€), carpaccio de polvo com triologia de rúcula (13,50€) e tosta de queijo brie e presunto (6,90€). Quem ficar a desfrutar da noite deve seguir para o restaurante, que resulta da junção das gastronomias moçambicana e da região beirã. Só estranha quem não prova o camarão tigre à moçambicana (37,50€) e ou as plumas de porco preto com risotto de cebolas (21,50€).

Zambeze Restaurant & Rooftop Bar

Localização: Calçada Marquês de Tancos, edifício Emel.
Reservas: 925 200 631
Horário: todos os dias, das 11h às 23h

5. IDB Lisbon

IDB Rooftop Lisbon
IDB Rooftop Lisbon créditos: divulgação

O IDB Lisbon é a mais recente novidade na cidade de Lisboa no que diz respeito aos rooftops. Foi inaugurado a 14 de julho no antigo edifício Entreposto, agora IDB Lisbon - Innovation & Design Building Lisbon, e por ali vai ficar até final do mês de novembro para tardes não focadas na música de DJ, como acontece noutros espaços, mas sim na cultura.

Isto porque o novo espaço, criado pela Jamestown, empresa que se tem dedicado a renovar de forma criativa edifícios de escritórios, tem uma forte componente artística, desde logo pela parede cujas ilustrações que contam a história de Lisboa, trabalho de Los Pepes, e também pela exposição “O mundo vai continuar a não ser como era! - 100 anos de design gráfico na Coleção Carlos Rocha", em parceria com a MUDE – Museu do Design e da Moda.

Pode não haver dança para gastar energia, mas há rampas de skate e verdade seja dita que a cultura também abre o apetite, especialmente quando é para conhecer a cultura gastronómica de várias partes do mundo, levada para o IDB Lisbon pelo chef brasileiro Dedé. Vai encontrar as famosas panquecas japonesas okonomiyaki (7,50€), sandes de brioche com bacon, ovo, maionese e salada (6€) e, aos domingos, brunch composto por prato, sumo, bolo e café (14€).

O IDB Lisbon está ainda a preparar outras novidades, como yoga brunch, aulas de skate e música ao vivo.

IDB Rooftop Lisbon

Localização: Praça José Queirós 1, 1800-237 Lisboa
Reservas: idblisbon@gmail.com
Horário: Quinta-feira, das 12h às 21h; sexta-feira, das 12h às 22h; sábado, das 12h às 22h; domingo, das 12H00 às 20H00; segunda-feira a quarta-feira, encerrado.

6. Insólito

Insólito
Insólito créditos: instagram

É famoso? É. Fica ao pé de uma das mais icónicas esplanadas de Lisboa, a do quiosque no Jardim de São Pedro de Alcântara? Sim. Mas é diferente porque tem uma vista em maior altitude, à qual se junta um espaço verdadeiramente insólito na decoração, com propostas gastronómicas que seguem o mesmo conceito.

Nada no rooftop do Insólito, na rua de São Pedro de Alcântara, começa sem um cocktail da casa, como o Alice (10€) ou o White Rabbit (9€), cujas semelhanças com a história de "Alice no País das Maravilhas" não são coincidência. É que, além destas, outras maravilhas têm acontecido todas as quintas-feiras ao final do dia no Mateus in Wonderland, evento que termina esta quinta-feira, 28 de julho, com direito a DJ, snacks, cocktails e um ambiente pintado de rosa, como o mundo de Alice, a partir das 18h30.

Depois de quinta-feira a vida no rooftop não acaba e em vez de marcar um chá com o Chapeleiro Maluco, marque um fim de tarde com amigos, rodeados de cocktails e petiscos insólitos. Charutos de carapau e pimentos assados (7€) e a bifana badalhoca (9€) vão fazê-lo esquecer do mal feito pela rainha de Copas: acabar com os sunsets Mateus in Wonderland. Contudo, Alice vence, como sempre, a batalha e as sessões voltam em setembro.

Morada: Rua de São Pedro de Alcântara 83, Lisboa
Telefone: 213 461 381
Horário: 18h-00h (fecha à 1h às sextas-feiras e sábados; encerra ao domingo e segunda-feira)

7. Terraço Editorial

Terraço Editorial
Terraço Editorial créditos: divulgação

E que tal acabar uma tarde no edifício da loja Pollux? Não. Não é para comprar talheres ou copos, descanse. Quem vai ao Terraço Editorial, no último piso da edifício da Pollux, em plena baixa de Lisboa, vai para pegar nos talheres e provar o que o chef Rui Rebelo tem para oferecer e ainda pegar no copo para o qual é vertido um dos 190 vinhos selecionados por Rodrigo Soares, produtor do Vale do Douro e wine expert.

O final do dia no Terraço Editorial é brindado com luzes serenas do fim do dia e os tons vivos do Tejo, ao mesmo tempo que navega pela carta que oferece opções como croquetes de choco, com tinta de choco e pó de malagueta (7,70€), tostada de polvo, bacalhau fresco
e tomate assado (6,20€) e pratos compostos, como a barriga de porco com azeite de avelãs (12,70€).

Antes de iniciar-se no jantar, peça um dos vinhos da garrafeira que enche a sala de bom gosto (visual e posteriormente no paladar).

Localização: Edifício da Pollux, Rua dos Fanqueiros, número 276
Reservas: info@terracoeditorial.pt
Horário: das 12h às 24h; aberto toda a semana

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.