Já lá vai a Vila Natal — que aconteceu em dezembro de 2021 e a faltar vários meses para a próxima —, o Festival Internacional de Chocolate de Óbidos, entre março e abril, e a vila continua no mesmo sítio, à nossa espera. Porque é digna disso mesmo. De uma visita fora das épocas mais famosas que atraem milhares de turistas. É então altura de descobrir o que Óbidos tem mais para dar.

Tem percursos pedestres, alojamentos simpáticos e uma coleção de livrarias que são como lojas de brinquedos para adultos. Isto já para não falar do próprio encanto da vila em si, com traços medievais, e o sentimento de uma proximidade entre as gentes da terra e os turistas, bastante diferente do que acontece quando se passeia em grandes cidades.

Há dez razões para visitar Castelo Branco e uma envolve laranja com azeite
Há dez razões para visitar Castelo Branco e uma envolve laranja com azeite
Ver artigo

Segue-se um roteiro de Óbidos porque é nosso e também para descansar de toda a ostentação da viagem ao Dubai que a MAGG partilhou nos últimos dias. Se num dos diários de bordo falámos sobre tudo o que o futuro nos reserva, de seguida vamos falar sobre o que o passado deixou em Óbidos, como as antigas vinhas num zona rochosa e o poço dentro do Poço dos Sabores, restaurante agora com um toque moderno.

Onde dormir: Encosta d´Óbidos

Os traços históricos e modernos unem-se neste alojamento em Óbidos, localizado junto à colina do Castelo de Óbidos. A decoração do Encosta d´Óbidos é dotada de azuis, dos marcantes azulejos pintados à mão, e de castanhos da cortiça, e integra tudo o que é preciso para uma escapadinha merecida: um quarto, obviamente, uma sala de estar, uma cozinha completa e um pátio para passeios junto à encosta com vista ora para a aldeia medieval, ora para as vinhas.

Entre as comodidades a que tem direito ao ficar aqui, enumeram-se os artigos de banho gratuitos, o acesso a workshops de vinho ou ginginha de Óbidos, um guia de Óbidos e aconselhamento cultural.

Uma noite para duas pessoas custa desde 65€ na plataforma Airbnb.

Encosta d´Óbidos

Localização: Estrada da Estação, 25, Óbidos, Portugal
Reservas: 960 002 727

Onde comer: Poço dos Sabores

Poço dos Sabores
Poço dos Sabores créditos: instagram

Quando visitámos Marta Fidalgo no Sal, beach club no Dubai de que é responsável, percebemos que o empreendedorismo e restauração está no sangue da família Fidalgo. Marta faz sucesso na cidade dos luxos e o irmão em Óbidos, depois de um percurso vasto: passou por um restaurante do chef Jamie Oliver, em Londres, por outro popular na famosa Piccadilly Circus e foi chef de sala no Taberna Criativa, do chef Vitor Rocha, em Sintra. Ficou lá até à pandemia e mais tarde decidiu aventurar-se num projeto pessoal.

"Sempre tive o desejo de ter um cantinho", refere Fábio Fidalgo à MAGG. O restaurante anterior, emblemático em Óbidos, fechou e Fábio achou então que o Poço dos Sabores — que mantém o nome de sempre e o icónico poço no centro do restaurante — era a sua oportunidade de concretizar um desejo.

As portas abriram a 2 de novembro, e quem entra encontra uma vasta oferta gastronómica portuguesa, mas mais atual, incluindo opções vegetarianas. Esta sexta-feira, 27 de maio, será lançada uma nova carta, criada pelo chef Ricardo Rei, adaptada aos sabores de verão. 

Entram nas novas sugestões de entradas, logo após o couvert habitual, um ceviche de salmão, fruta de época, couli de fruta e milho crocante. No peixe surge torricado de milho com sardinha grelhada e cebolada à italiana e também pregado com malandrinho de mexilhão e limão. Na carne, entra vazia grelhada, com pêssego fresco e glaceado, acompanhado de chips de batatas e barriga de porco a baixa temperatura, marinada asiática e risotto de açafrão e côco.

Fruta portuguesa ocupa segundo lugar no ranking das que têm mais pesticidas na Europa
Fruta portuguesa ocupa segundo lugar no ranking das que têm mais pesticidas na Europa
Ver artigo

"Tentamos ao máximo usar ingredientes aqui da terra. Por exemplo as ervas aromáticas, alfaces, algumas couves de uma senhora que vive aqui a 200 metros e vende na praça da fruta das Caldas, icónica a nível nacional, acho que das poucas a céu aberto", destaca Fábio. Já nas sobremesas é usada fruta biológica fornecida pelo pai de Fábio Fidalgo.

Entre elas está a nova tarte de kiwi com nata ácida, assim como o shortcake de licor de amêndoa, mousse de chocolate e côco.

A atenção ao que é local e mais natural é grande e pode ir mais longe em breve. "Atrás [do restaurante] temos um terreno onde planeamos fazer umas estufas para ter o máximo de coisas criadas por nós, perto, para não deixar muita pegada ecológica", avança Fábio.

Poço dos Sabores

Localização: R. Principal 85 B, 2510-772 Usseira, Óbidos
Reservas: +351 262 187 720
Horário: sexta-feira das 19h às 22h; sábado das 12h às 14h30 e das 19h às 22h; domingo das 12h às 14h30

O que visitar (ou caminhar e comer)

The Literary Man Óbidos Hotel 
The Literary Man Óbidos Hotel  créditos: booking

Numa vila conhecida por ser Vila Natal, sempre com a casa do Pai Natal e duendes a tentarem-nos com chocolate quente, e também pela Festival Internacional de Chocolate de Óbidos, regado por cima de uma espetada de fruta ou em forma de tablete, é preciso também oferecer alguma atividade para equilibrar os momentos gulosos.

Por isso mesmo foi lançado o projeto Óbidos Mais Ativos, ao qual estão associados uma série de percursos pedestres para ficar a conhecer melhor a região. Um deles, de nível fácil, é o PR1 - Parque da Vila, com duas versões: o circuito florestal, ao longo da vasta mancha florestal do Parque da Vila e passagem junto ao Cruzeiro da Memória; e o circuito desportivo (PR1.1), com início no campo desportivo e vistas soberbas para o Castelo.

O novo boutique hotel do Porto tem um segredo junto ao bar e uma decoração de outros tempos
O novo boutique hotel do Porto tem um segredo junto ao bar e uma decoração de outros tempos
Ver artigo

Já entre os percurso mais difíceis, de nível três, está a rota do calcário - PR13, que convida a descobrir caminhos centenários, antigas vinhas em zona rochosa e paisagens cársicas, incluindo para o Vale Tifónico de Óbidos e as suas várzeas repletas de horticultura.

Existem ainda outras formas de descobrir Óbidos, que trocam o caminhar pelo fazer através de workshops. Pode fazer uma aula de gaita de fole galega com Luís Eusébio da Luthier d'Óbidos (preço sob consulta), aprender e ver cozinhar banana flambeada com licores e sumos naturais (com degustação) na Adubai Óbidos (20€ por pessoa) ou passar uma noite dentro do palácio para recuar no tempo e nos sabores de um menu acompanhado por espumante bruto (preço sob consulta).

Flambeado ao cair da tarde
créditos: turismo.obidos.pt

Por fim, tendo em conta que além de Vila Natal é Vila Literária, dedique uma parte do passeio a conhecer as várias livrarias da vila, desde a Livraria de Santiago à Literary Man Hotel, dentro do The Literary Man Óbidos Hotel.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.