Aqui está mais uma história que, ainda que tenha acabado na cozinha, começou bem longe dela. Sam é formada em História de Arte, chegou a trabalhar em Arquitetura, mas quando se mudou do Brasil para Portugal viu a vida dificultada nisto de encontrar emprego na área.

Sempre adorou cozinhar, é certo, mas custou-lhe a admitir que esse seria o seu caminho. "É aquele preconceito de 'eu estudei para uma coisa, não posso acabar numa cozinha'", admite à MAGG. "Mas rapidamente percebi que para começar um negócio, ainda que numa área completamente diferente da minha, todo o meu percurso era importante".

Começou a fazer bolos em casa, mas não uns bolos quaisquer. "Quando decidi que queria ser mãe, quis perder peso e comecei a fazer exercício. A minha vida era muito mais saudável mas, ao mesmo tempo, não me queria privar daquele docinho que todos precisamos", conta.

Substituiu o açúcar por bananas e tâmaras, o leite por bebidas vegetais, as farinhas habituais por opções integrais e sem glúten e assim nasceu a Sam - Pastelaria Saudável.

Ainda chegou a ter um espaço físico no ano passado, na cafetaria do Museu Arpad Szenes - Vieira da Silva, mas a experiência não correu como esperado. "Por estar numa cafetaria de museu, tinha que fazer pratos e caterings com os quais não me identificava. Já não conseguia fazer os meus bolos sem açúcar e, ao mesmo tempo, servir pão com chouriço".

Decidiu, por isso, voltar às raízes e é em casa que prepara a pastelaria com a qual se identifica — saudável, mas igualmente gulosa.

Sam Pastelaria. Bolos sem açúcar, mas com todo o doce que Lisboa merece
Sam Pastelaria. Bolos sem açúcar, mas com todo o doce que Lisboa merece
Ver artigo

Há cookies, brownies, versões de Twix e Snickers, bolos, tartes, brigadeiros e trufas. E também há bolos feitos por encomenda, que pode ser totalmente personalizado — tamanho, tipo de massa, recheio e cobertura e até a decoração. Na lista constam opções como ganache de chocolate, brigadeiro de tâmaras, doce de leite de amêndoas ou topping de Twix e framboesas. Ninguém vai reparar que por aqui não mora açúcar.

Sam adapta a oferta à época do ano e, claro, agora são muitas as opções para adoçar o Natal. Há tronco de Natal (38€), feito com massa de chocolate sem farinha e massa de laranja, bolo rainha vegan (22€), feito com fruta, aveia, e frutos secos ou, aquele que chama mais a atenção visualmente, uma árvore de Natal composta por 33 trufas (58€) de coco, chocolate e amendoim.

Pequeno-almoço doce e saudável entregue em casa

Não contente com toda esta doçaria, Sam inventou mais uma. Agora, prepara um pequeno-almoço para entrega em casa, cujo menu muda todos os meses.

Pequeno-almoço Sam

Em dezembro, esta caixa mágica custa 27€ e pensada para duas pessoas é composta por bolachas de gengibre de Natal, bolo de maçã, pão de curcuma, tâmaras recheadas, fruta, palitos de vegetais, iogurte vegetal, pasta de abacate, húmus e granola.

As entregas são feitas aos domingos e, este fim de semana, também no feriado, dia 8 de dezembro.

As encomendas do pequeno-almoço e de todos os doces são feitas pela página de Instagram. A Sam envia as opções e depois é controlar os ânimos para não mandar vir todo o menu.

Veja aqui alguns dos doces que pode já encomendar — e sem peso na consciência

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.