Carl Nassib, jogador do Las Vegas Raiders, fez história esta segunda-feira, 21 de junho, ao torna-se o primeiro atleta no ativo da liga de futebol americano (NFL) a falar publicamente sobre a sua homossexualidade. O anúncio foi feito através de um vídeo partilhado na rede social Instagram, no qual o jogador revelou ainda que vai doar 100 mil dólares (84 mil euros) a uma ONG de apoio à prevenção do suicídio juvenil de pessoas LGBTQ+ na América.

Pride 2021. Dos tops aos ténis, 15 peças para celebrar o orgulho LGBTQIA+ com muito estilo
Pride 2021. Dos tops aos ténis, 15 peças para celebrar o orgulho LGBTQIA+ com muito estilo
Ver artigo

"Apenas quero tirar um pequeno momento para dizer que sou gay. Queria fazer isto há algum tempo, mas agora sinto-me finalmente confortável para tirar este peso do meu peito", começou por dizer o jogador de 28 anos.

"Sou uma pessoa bastante reservada, por isso espero que saibam que não estou a fazer isto para chamar a atenção. Apenas acho que a representatividade e visibilidade são muito importantes. Espero que, um dia, vídeos como este e todo o processo de revelação deixem de ser necessários, mas até lá vou fazer o meu melhor e tudo o que estiver ao meu alcance para incentivar uma cultura que aceita a compaixão", acrescentou.

Na publicação, Carl Nassib deixou ainda uma mensagem de agradecimento à família, amigos e à equipa da NFL por todo o apoio. Até hoje, vários jogadores da NFL assumiram ser homossexuais, mas apenas após terminarem a carreira. Nassib foi assim o primeiro a fazê-lo no ativo.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.