A imagem de Jihad Al-Suwaiti agachado na janela de um hospital está a ser partilhada pela internet e a gerar comentários emotivos. É que o jovem fez algo que até agora ainda não se tinha visto: escalou até à janela do quarto do hospital Hebron State, em Beit Awa, Cisjordânia, onde a mãe estava internada por contágio do novo coronavírus, para se despedir e vê-la nos seus últimos momentos de vida.

Impossibilitado de visitar a mãe, devido às restrições e normas de segurança para combater a COVID-19, Jihad teve de pensar noutra forma de a ver. A mulher estava internada há vários dias, infetada com o vírus que já contagiou mais de 14 milhões de pessoas por todo o mundo.

Jovem escala parede de hospital
Imagens de Jihad Al-Suwaiti a escalar a parede do hospital. AJ+ français
Boas notícias. Primeiros resultados dos testes à vacina de Oxford mostram que garante imunidade à COVID-19
Boas notícias. Primeiros resultados dos testes à vacina de Oxford mostram que garante imunidade à COVID-19
Ver artigo

Sem alternativas, o jovem palestiniano acabou por escalar a parede do Hebron State Hospital e agachou-se na janela do quarto onde a mãe permanecia nos cuidados intensivos. A mulher, de 73 anos, acabou por perder a vida poucas horas depois da chegada do filho, que ali se manteve para prestar uma última homenagem.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.