Há mais 24 mortes e 3.960 novos casos de infeção em Portugal pelo novo coronavírus. São estes os dados divulgados esta quarta-feira, 28 de outubro, pela Direção-Geral da Saúde, no novo boletim epidemiológico. É o pior dia desde o início da pandemia, com um novo recorde de casos positivos a ser atingido.

Os novos dados são atualizados no mesmo dia em foi anunciado que o primeiro-ministro, António Costa, convocou uma nova reunião de Conselho de Ministros para sábado, 31 de outubro, com o objetivo de avaliar e definir novas "ações imediatas" face à evolução da situação epidemiológica no País. Em cima da mesa estará a renovação do estado de calamidade ou a possibilidade de voltar a pôr o país em estado de emergência — com recurso ao recolher obrigatório.

A reunião decorrerá depois de, ao longo desta semana, Marta Temido, ministra da Saúde, e Mariana Vieira da Silva, ministra do Estado e da Presidência, ouvirem um conjunto de epidemiologistas sobre a situação atual.

Guia prático para os próximos dias: o que pode fazer, o que é proibido e as exceções
Guia prático para os próximos dias: o que pode fazer, o que é proibido e as exceções
Ver artigo

Ainda esta sexta-feira espera-se que António Costa oiça os vários partidos com assento parlamentar acerca do surto da COVID-19 no País, mas também o ministro de Estado, da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira, que ouvirá os parceiros sociais.

Atualmente, já está em vigor em todo o País o uso obrigatório de máscaras na rua em todas as situações em que não seja possível assegurar o distanciamento físico de pelo menos dois metros, segundo as diretrizes das entidades de saúde, das outras pessoas.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.