Fernando Gomes, o avançado português que se popularizou enquanto membro do plantel do Futebol Clube do Porto, onde venceu a Liga dos Campeões e conquistou duas Botas de Ouro, morreu este sábado, 26 de novembro, aos 66 anos, informou o clube azul e branco na sua página de Twitter e num comunicado.

A causa da morte do antigo jogador deve-se a um cancro no pâncreas, contra o qual já lutava há algum tempo. Além disso, havia sofrido, no passado mês de outubro, um AVC, tendo dado entrada numa unidade hospitalar do Porto por esse mesmo motivo.

Rainha Isabel II pode ter lutado contra um cancro nos últimos meses de vida
Rainha Isabel II pode ter lutado contra um cancro nos últimos meses de vida
Ver artigo

O jogador estreou-se na equipa principal do FC Porto apenas com 17 anos. E foi logo três anos depois que conquistou o título de melhor marcador da Liga pela primeira vez, um feito que se viria a repetir mais seis vezes.

Mas a sua carreira teve mais momentos que devem ser relembrados. Foi cinco vezes campeão nacional e uma vez campeão europeu. Além disso, venceu a Taça de Portugal por três vezes, várias Supertaça Cândido de Oliveira, mais conhecida como Supertaça de Portugal, e uma Europeia.

"O FC Porto está de luto pela perda de uma das maiores figuras da sua história e endereça as mais sentidas condolências à família, aos amigos e a todos os admiradores de Fernando Gomes", concluiu o clube em comunicado.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.