Em fevereiro passado, Zé Lopes submeteu-se a uma cirurgia CIM Porta Única com o objetivo de, mais do que perder peso, ganhar saúde. Estava com um índice de massa corporal muito acima do recomendado e pré-diabético. Quatro meses depois, as diferenças físicas são abismais e, como, revelou à MAGG, já perdeu "entre 43 a 45 quilos".

"Tem sido um processo muito feliz porque recuperei a saúde que não estava como deve estar aos 24 anos. Também recuperei autoestima, claro. Não foi esse o mote para fazer a cirurgia nem para mudar os meus hábitos, o meu foco foi a saúde. Para mim, um corpo feliz é um corpo saudável no qual nos sentimos bem. Eu já não estava com um corpo saudável e, por isso, tive de agir e estou muito contente", explicou Zé Lopes, à margem da festa dos International Emmy Awards.

O repórter da TVI fez um "sleeve gástrico", "técnica cirúrgica que preserva a anatomia do tudo digestivo, recorrendo unicamente à remoção de uma parte esquerda do estômago, precisamente onde se encontra a hormona responsável pela fome", pode ler-se no site do Centro de Inovação Médica onde foi acompanhado.

zé lopes
Zé Lopes já perdeu mais de 40 quilos créditos: International Emmy Awards

Em perdas de peso tão drásticas, muitas vezes acontecem sequelas estéticas, como a flacidez da pele. Zé Lopes diz que, "para já", não tem sentido essas consequências, também devido à prática de desporto "três vezes por semana, uma das vezes acompanhado por personal trainer". "Se, no final do processo, e quando chegar ao peso que quero atingir, precisar, farei. Não tenho qualquer problema com isso. Nunca pensei em realizar cirurgias estéticas mas não terei qualquer problema em fazê-lo (risos)", afiança o rosto da estação de Queluz de Baixo.

As mensagens têm caído em catadupa nas redes sociais de Zé Lopes, com partilhas, pedidos de esclarecimento e de ajuda. Pessoas que, tal como o repórter do programa "VivaVida", procuram um estilo de vida mais saudável. "Eu não sou exemplo para ninguém mas se eu também mudei, está ao alcance de qualquer um. É bom que se perceba que a cirurgia não é a solução para nada. É apenas um ponto de partida para pessoas que têm um índice de massa corporal muito elevado, como era o meu caso. Fico muito feliz que as pessoas me procurem e respondo a toda a gente. Às vezes passo uma hora a responder aos pedidos de mensagem do Instagram. É a única forma que tenho de agradecer o carinho", explica.

"Ainda não namoro, estou aí, disponível"

Zé Lopes começou a trabalhar na TVI, no "Você na TV!". Passou pela SIC (mudou-se para Paço de Arcos aquando a saída de Cristina Ferreira de Queluz de Baixo) e, em 2021, retornou a Queluz de Baixo. O facto de sempre ter sido visto com outra forma física chegou a causar-lhe medo de perder a empatia por parte do público. "Tive muito receio mas depois chega a um ponto da nossa vida em que percebemos que nunca vamos agradar a toda a gente. E nós temos de lutar por nós e pelo que é melhor. Neste caso foi uma questão de saúde, não foi uma questão de estética. Por acaso, não recebi nenhum comentário negativo. As pessoas perceberam e apoiaram esta mudança porque, de facto, a saúde não estava espetacular e tinha que agir o quanto antes".

Zé Lopes troca a SIC pela TVI. Cronista volta a trabalhar com Cristina Ferreira
Zé Lopes troca a SIC pela TVI. Cronista volta a trabalhar com Cristina Ferreira
Ver artigo

Aos 24 anos, Zé Lopes está livre para amar. A MAGG quis saber se, além dos pedidos de informação e ajuda na caixa do correio, também há mensagens mais atrevidas. "Isso sempre houve um bocadinho (risos)! Eu sempre fui o gordinho gostoso!", brinca o repórter da TVI. "Isso não mudou. Ainda não namoro, estou aí, disponível", revela.

Quanto a um possível regresso aos comentários do "Big Brother", que terá uma nova edição em setembro, Zé Lopes é perentório: "Não faço ideia! Perguntem à Cristina [Ferreira]! Gostei muito de fazer o 'Big Brother', estou muito satisfeito que o formato regresse e, se me chamarem, irei com todo o gosto. Mas não penso no futuro. Agora vivo muito o presente. Coordeno o 'Em Família', sou repórter do 'VivaVida', faço algumas emissões especiais. Fico muito contente com as oportunidades que me são dadas e, passinho a passinho, acho que tenho construído uma carreira sólida e sustentada".

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.