Vazia, lombo, t-bone, chuletón. Estes são apenas alguns dos cortes de carne disponíveis na Sala de Corte, um dos mais populares espaços para os carnívoros na zona de Lisboa, e que fazem do restaurante do chef Luís Gaspar um local de eleição quando o objetivo é uma refeição composta, regada com bons vinhos e que siga pela noite fora para provar tudo o que tem direito.

Mas e se lhe disséssemos que também pode tomar o pequeno-almoço na Sala de Corte? E calma que não estamos a sugerir que se agarre a uma costeleta às 9h30 da manhã — há opções delicadas e saborosas, sempre com o toque do chef para que a continuidade com a carta principal não se perca.

7 brunches que pode provar já este fim de semana, de Santa Apolónia a Cascais
7 brunches que pode provar já este fim de semana, de Santa Apolónia a Cascais
Ver artigo

A MAGG teve oportunidade de provar o menu de pequeno-almoço criado pelo chef Luís Gaspar, que embora tenha sido implementado em dezembro de 2020, como forma de contornar as limitações dos espaços (como os restaurantes só poderem estar abertos até às 13h aos fins de semana e feriados), já era uma ideia antiga na cabeça do chef.

"Já queríamos fazer isto há muito tempo, a ideia de ter um pequeno-almoço era algo já pensado, como forma de democratizar a Sala de Corte", conta o chef Luís Gaspar à MAGG, que assume que devido à logística do restaurante, nunca tinha havido oportunidade para implementar o conceito. Até que chegou a pandemia. "Foi uma forma de conseguirmos finalmente ter essa oferta, devido ao horário em que podíamos abrir aos fins de semana."

luis gaspar
O chef Luís Gaspar está à frente da cozinha da Sala de Corte desde 2015. Nuno Correia

No menu de pequeno-almoço — disponível apenas aos fins de semana e feriados, entre as 9h e as 12h — estão disponíveis opções como ovos florentine com espinafres, cogumelos e molho holandês (7,50€), ovos benedict com presunto pata negra e molho holandês (9,50€), tosta de rosbife com espinafres, molho de iogurte e picle de pepino (12€) e ovos mexidos com barriga de porco fumada (4€).

Estes são pratos comuns em muitos brunchs e pequenos-almoços de hotel, mas que aqui têm sempre um toque diferente que consegue a ligação com a carta principal do espaço, como o rosbife na tosta ou o presunto pata negra nos ovos. "Queríamos ter pequeno-almoço, mas não fazia sentido termos brunch ou panquecas. Tinha de ter o espírito da Sala de Corte", explica o chef Luís Gaspar.

E a aposta é mais que bem conseguida: na visita da MAGG, provámos os ovos mexidos com barriga de porco, que estavam no ponto, nem demasiado secos nem aguados, o ovo benedict com presunto, com um molho holandês leve, fresco e até com um ligeiro toque cítrico, e também a tosta de rosbife, que ganha o primeiro lugar neste pequeno-almoço graças à frescura do molho de iogurte e à qualidade do rosbife, cortado em fatias muito finas.

A carta de pequeno-almoço é servida até às 12h e, a partir dessa hora, a principal também fica disponível. Isto permite que aconchegue o estômago com uns croquetes de novilho (4€) ou mesmo com um delicioso prego — basta escolher o corte, entre as opções de vazia (17€), entrecôte (18€) ou lombo (21€). "Muitos clientes optam por misturar as cartas e pedir algo da de almoço no final", confirma o chef. Seja qual for a sua escolha, vá por nós, e peça um extra de maionese de trufa (ou a melhor maionese do mundo) para comer com batatas fritas.

Para complementar a oferta de fins de semana, a carta de pequeno-almoço ainda conta com iogurte com frutos vermelhos e granola caseira (6€), brioche recheado com creme de avelã (4€) — o nosso preferido —, e uma french toast com maçã caramelizada (4€).

esplanada
A esplanada é o local ideal para experimentar a carta de pequeno-almoço. créditos: Instagram

Acompanhe tudo com uma seleção de cocktails como Bloody Mary (7€), Virgin Mary (5€) ou Mimosa (6€), ou acrescente um toque de requinte (não, não estamos a falar do Ferrero Rocher) com um copo de espumante Luis Pato Blanc de Blancs da Bairrada (6€).

Embora com o avançar do plano de desconfinamento se espere que os restaurantes possam abrir depois das 13h aos fins de semana já em maio, o chef Luís Gaspar garante que a carta especial vai continuar aos sábados, domingos e feriados. "Temos tido uma ótima resposta. Só para este domingo, temos mais de 30 reservas", destaca.

Morada: Praça D. Luís I 7, Lisboa
Telefone:  213 460 030
Horário da carta de pequeno-almoço: 9h-12h, apenas aos fins de semana e feriados

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.