Oito anos depois da estreia de "7 Pecados Rurais", a dupla Quim Roscas e Zeca Estacionâncio vai voltar ao grande ecrã. João Paulo Rodrigues e Pedro Alves partilharam as primeiras imagens das filmagens da sequela da saga de humor que decorre na localidade fictícia de Curral de Moinas.

Mas a dupla não surge sozinha: nesta imagem está também Júlia Pinheiro, vestida de acordo com o dress code de Curral de Moinas: galochas, bata e lenço na cabeça. "Sete Pecados Rurais", foi realizado por Nicolau Breyner e chegou às salas de cinema em 2013, é o terceiro filme português mais visto de sempre, atrás da nova versão de "O Pátio das Cantigas" e de "O Crime do Padre Amaro".

Depois do filme, o regresso à TV

Em maio passado, Pedro Alves confirmava à MAGG que a dupla Quim Roscas e Zeca Estacionâncio ia regressar em dose dupla: ao cinema e também à televisão. Sem revelar em que canal, o Bino da novela da TVI "Festa é Festa" explicava que um novo "Telerural" (série de humor transmitida originalmente na RTP1) já estava a ser preparado.

Pedro Alves e a estreia nas novelas aos 46 anos. "Não conhecia ninguém. Eu aterrei ali de paraquedas"
Pedro Alves e a estreia nas novelas aos 46 anos. "Não conhecia ninguém. Eu aterrei ali de paraquedas"
Ver artigo

"É isto que lhe posso dizer. O pessoal pode contar com isso. Um dia destes, a série 'Telerural', adaptada aos dias de hoje, vai acontecer. A génese é mesma. Já está comprado, falta acabarmos os projetos deste ano. Tenho a novela para acabar até agosto, logo a seguir arrancamos com o filme. Estávamos para celebrar os nossos 20 anos de carreira. Em 2020 aconteceu esta porra toda. Adiámos dois anos. Em 2022, vamos celebrar o que chamamos os 20 anos mais IVA de carreira", disse o protagonista de "Festa é Festa".

A dupla Quim Roscas e Zeca Estacionâncio nasceu na rádio Nova Era. Estreou-se com uma rubrica na RTP1, na "Praça da Alegria" e, em 2008, ganhou um programa próprio, "Telerural"-

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.