O preto e branco da fotografia partilhada esta terça-feira, 17 de março, no Facebook de Nuno Moreira, esconde as dezenas de horas de trabalho, as poucas pausas para descansar e também uma força que só eles sentem. Eles são Nuno Moreira, 36 anos, e Viviana Mendes, 27 anos, amigos e enfermeiros do Hospital Curry Cabral, mas podiam ser qualquer outro profissional de saúde do País que está a lutar contra a pandemia que se espalha pelo mundo.

"No dia anterior a esta foto as pessoas tinham tomado a iniciativa de baterem palmas à janela", conta Nuno Moreira à MAGG. "A foto surgiu como forma de agradecimento aos colegas, aos familiares, a quem por todo o país confia em nós. Precisamos deste apoio de fora e eu tenho a sorte de estar nesta equipa do HCC que está mais forte e unida do que nunca", continua.

COVID-19. Este é o grupo de Facebook criado por médicos portugueses para tirar dúvidas sobre o coronavírus
COVID-19. Este é o grupo de Facebook criado por médicos portugueses para tirar dúvidas sobre o coronavírus
Ver artigo

Nuno percebeu que as palmas representavam algo maior do que um agradecimento. Era uma responsabilidade, boa, de saber que as pessoas acreditam nos profissionais de saúde e esperam tudo dos mesmos. A fotografia não foi tirada em nenhum momento particularmente difícil porque, como Nuno diz, "todos estes dias são feitos de horas difíceis".

Se há medo? "O medo está na nossa condição humana. Mas o que sinto e vivo é que neste momento o sentido de missão se sobrepõe a este e a qualquer outro sentimento ou estado de espírito. Sabemos que na linha da frente é necessário cuidar a avalanche de doentes que necessitam de nós. Temos que conseguir ir mais além na coragem, porém, conscientemente, sinto o medo lá: o medo de poder falhar, perante esta situação nova e exigente", diz o enfermeiro infecciologista no Hospital Curry Cabral.

O objetivo da foto é "passar a mensagem do que nos aproxima mais nesta situação tão difícil e bastante exigente" e para isso o apoio, seja lá dentro ou cá fora, é a chave para continuar: "Na foto apoiamo-nos um no outro, mas suportados por todos vós".

"Avançamos. Sem hesitações, sem medos, porque estamos TODOS juntos. Somos uma equipa, somos colegas, somos amigos. Continuemos, juntos, sem medos, 'I’ve got your back' — não tem tradução literal, mas diz tudo. Hoje, amanhã e para sempre...", é a descrição da fotografia viral no Facebook que alcançou mais de 7 mil gostos, 5 mil partilhas e 800 comentários.

 Entre os comentários, há mensagens de força e coragem ou de outros profissionais que se juntam a Nuno e Viviana "sem hesitações, sem medos" partilhando do mesmo cansaço e da mesma esperança de que "isto volte rapidamente a normalidade". Contudo, pelo Instagram há quem questione: "E o afastamento social?".

"Conscientemente partilhamos esta foto, na qual é clara e visível a aproximação que nos une. No entanto, garantimos sempre que, até para nossa defesa e dos nossos doentes, todos os protocolos e medidas de segurança estão na nossa reação e resposta", refere Nuno, o mesmo que ainda que esteja enfrentar uma situação exigente, coloca acima de tudo a segurança, a par com o a boa disposição para dar animo aos doentes.

COVID-19. É assim que é feito o teste ao coronavírus num sistema de drive-thru (que já existe no Porto)
COVID-19. É assim que é feito o teste ao coronavírus num sistema de drive-thru (que já existe no Porto)
Ver artigo

"Vocês estavam lá quando fui fazer o rastreio. Foi o Nuno que me recebeu com toda a descontração e boa disposição, extremamente importante para alguém que, como eu, ia apavorada. Tive a oportunidade de vos agradecer o esforço que estão a fazer por todos nós. Obrigado! E força heróis! P.S. deu negativo", diz uma utilizadora do Facebook que comentou a fotografia dos dois profissionais.

Este é o apoio e reconhecimento de que os profissionais de saúde, tantas vezes descritos como "heróis" precisam neste momento para não se sentirem desamparados. "É bom estarmos a ser reconhecidos por este trabalho que é de todos e ficámos sensibilizados ao saber que as pessoas nos valorizavam", diz o enfermeiro, deixando ainda uma garantia aos portugueses: "É muito importante saberem todos que nunca vos faltaremos, está é a nossa profissão e missão".

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.