A três episódios do fim da terceira temporada de "Pesadelo na Cozinha", Ljubomir Stanisic e a produção da TVI rumaram até ao norte, em Viseu, para conhecer os funcionários d'A Casa das Francesinhas. O programa decorreu sem grandes polémicas, mas o chef deparou-se com uma situação difícil de gerir. É que além de um restaurante que parecia não funcionar, o casal que o gere aparentava ter graves problemas de comunicação também na sua relação.

Mais do que chef, Ljubomir foi um ombro amigo para os dois que, ao longo do episódio, desabafaram e deram a conhecer alguns dos seus maiores medos sobre o futuro. Talvez por isso, este tenha sido um dos programas mais tocantes e emocionantes de toda a temporada. Talvez até o melhor.

Apesar disso, houve momentos engraçados, frases hilariantes e personagens vincadas capazes de oferecer um bom programa de televisão a um domingo à noite — numa altura em que a concorrência (RTP1 e SIC) apostam em programas de música.

"Pesadelo na Cozinha". Dona de restaurante diz que foi convidada a participar mas não voltava a aceitar: "É muito stressante"
"Pesadelo na Cozinha". Dona de restaurante diz que foi convidada a participar mas não voltava a aceitar: "É muito stressante"
Ver artigo

A MAGG acompanhou o mais recente episódio de bloco de notas na mão e conta-lhe tudo o que precisa de saber sobre o que aconteceu na Casa das Francesinhas que, depois da visita da produção da TVI, passou a chamar-se Miminhos da Fátima.

O pior do restaurante

Mais do que problemas na comida (que os há), Fátima e Zé Carlos têm problemas na própria relação. É que durante as gravações do mais recente episódio de "Pesadelo na Cozinha", o casal demonstrou desunião e conflito durante os serviços de almoço e jantar.

Zé Carlos acusa a mulher de ser teimosa e de não o valorizar, enquanto Fátima dizia que o marido colocava demasiada pressão em si e no serviço da cozinha quando os clientes começavam a chegar. Isso, naturalmente, fazia com que muitos pratos voltassem para trás por não terem a qualidade pretendida.

O melhor do restaurante

A julgar pelos comentários de Ljubomir Stanisic, o restaurante não apresentava problemas graves de higiene. A cozinha estava limpa — e isso é sempre o ponto fundamental de qualquer restaurante.

A decoração, ainda que um pouco natalícia e antiquada, não obrigou a uma remodelação muito radical e isso permitiu que Ljubomir se focasse apenas em sarar a relação entre o casal.

De quem gostámos mais

Parece mentira, mas temos mesmo de dizer que gostámos de todos. Fátima, com a sua personalidade característica, mostrou saber exatamente aquilo que queria do restaurante e do seu futuro. Isso, além de lhe dar força suficiente para continuar a gerir um negócio que parecia não resultar tão bem, permitiu-lhe encarar com humildade os ensinamentos de Ljubomir que nunca desistiu de lhe mostrar de que forma nasce um bom cozinheiro.

"Pesadelo na Cozinha". Tudo o que se diz na internet sobre a Casa das Francesinhas
"Pesadelo na Cozinha". Tudo o que se diz na internet sobre a Casa das Francesinhas
Ver artigo

Nelson, o ajudante de cozinha, além de servir como alívio cómico nos momentos de tensão protagonizados por Fátima e Zé Carlos, revelou-se um jovem humilde, carismático e com uma vontade imensa de aprender a cozinhar. Mesmo que, por vezes, fosse meio desastrado e não soubesse muito bem qual o seu papel nas situações de maior fluxo de clientes.

E embora Zé Carlos começasse o programa a mostrar uma personalidade mais violenta, bruta e até intransigente, foi-nos conquistado ao longo do episódio à medida que era chamado à razão por Ljubomir. No final, Zé Carlos admitiu todos os erros que tinha cometido e prometeu mudar não só pela mulher, mas também pelo sucesso do restaurante que, agora renovado, tem pernas para andar.

Prato da polémica

Ao contrário de alguns dos episódios do programa, neste não houve nenhum prato mais polémico ainda que todos eles tivessem a mesma coisa em comum: a falta de sabor. Além disso, a carne à alentejana foi servida crua, assim como o arroz de polvo.

Fora isso, o restaurante apostava ainda em alimentos enlatados ou congelados, nomeadamente cogumelos e os camarões, que davam origem a dois dos pratos que Ljubomir mais criticou durante a sua passagem pela Casa das Francesinhas.

Os momentos WTF

Porque um episódio do "Pesadelo na Cozinha" não pode decorrer sem momentos estranhos, hilariantes ou completamente WTF, destacámos dois.

Em primeiro lugar, a altura em que Ljubomir simula uma situação de emergência da cozinha, veste um colete de salva-vidas e indica as saídas de emergência, obrigando os funcionários a sair a correr.

Os melhores momentos de um ano de "O Programa da Cristina"
Os melhores momentos de um ano de "O Programa da Cristina"
Ver artigo

Em segundo lugar, o momento em que, durante a prova da comida, Ljubomir se queixa do frio e sai do restaurante para ir buscar uma manta polar, um gorro e umas luvas.

A restante prova dos pratos do restaurante é feito com todas aquelas peças de roupa vestidas.

Frases engraçadas

  • "Está tudo bem? Está tudo bem? Tu estás bem?" (Ljubomir para Zé Carlos, depois de este estar constantemente a perguntar a Ljubomir se a comida estava boa).
  • "Estou cansado de comer merda." (Ljubomir)
  • "Os cogumelos foram apanhados da lata" (Zé Carlos, depois de Ljubomir perguntar de onde é que os cogumelos tinham sido apanhados).
  • "És uma pessoa com caráter e isso eu respeito. Mas não respeito que faças merda" (Ljubomir)
Do "Perfeito Anormal" a "Gente Que Não Sabe Estar". A carreira de Ricardo Araújo Pereira na televisão em 15 vídeos
Do "Perfeito Anormal" a "Gente Que Não Sabe Estar". A carreira de Ricardo Araújo Pereira na televisão em 15 vídeos
Ver artigo
  • "Vi que és bruto com a tua mulher e isso a mim faz-me confusão porque eu odeio machistas. Por isso, a partir de agora, mansinho". (Ljubomir para Zé Carlos).
  • "Olha para a comida como olhas para o pipi da tua tua mulher." (Ljubomir para Nelson).

Quem disse mais asneiras?

Ao longo de todo o episódio, a MAGG esteve de bloco de notas na mão e apontou todas as vezes em que os intervenientes do programa diziam asneiras — fossem elas censuradas ou não pela TVI.

Fátima não disse nenhuma, Nelson disse três e Zé Carlos disse 6. Ljubomir Stanisic, claro, ganhou esta batalha com 43 asneiras.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.