Depois de duas galas com muitas modificações em relação à estrutura que o "BB 2020" nos habituou, o programa deste domingo, 27 de setembro, do "Big Brother - A Revolução" trouxe os trunfos todos de volta em busca de melhores resultados nas audiências. BB Play com vídeos das grandes discussões da semana? Check. Prova do líder? Sim. Nomeações depois da expulsão, frente a frente? Também. Até Teresa Guilherme veio vestida de Elsa de "Frozen" para conseguir agradar às faixas mais jovens (vá, não foi nada por causa disto, foi mesmo devido ao mau gosto colectivo que deve ter baixado na apresentadora e no criador do vestido, João Rôlo).

Tal como se passava na edição anterior do reality show, Ana Garcia Martins voltou ao sofá para comentar alguns dos momentos do programa, numa gala muito focada nos conflitos entre Carina e Sandra, que também envolvem Jéssica Fernandes e Joana, por razões óbvias —mas já lá vamos.

"BB - A Revolução". Andreia, Catarina, Joana e Sandra são as nomeadas da semana
"BB - A Revolução". Andreia, Catarina, Joana e Sandra são as nomeadas da semana
Ver artigo

O drama em redor destas quatro protagonistas foi tanto que, por momentos, até nos esquecemos que o ponto forte destas galas deveria ser a expulsão. Mas mesmo que expectável e sem grandes alaridos — até a receção em estúdio foi mais seca do que tofu grelhado —, há que assinalar que Diana foi a concorrente que abandonou a Ericeira, com 53% dos votos.

Rui ficou-se pelos 47% neste duelo, depois de André Filipe ser expulso do programa durante a semana e já não fazer parte do grupo de nomeados. Ainda antes de o programa terminar, a casa da Ericeira recebeu uma nova concorrente, a Fanny 2.0 (perdão, Liliana). Basta saber se é entrada por saída, tal como aconteceu com Renato na edição passada, ou se Liliana vai "bater forte" lá dentro.

Vale a pena também referir que a gala abriu com a apresentadora a ler um comunicado oficial da Endemol sobre toda a situação de André Filipe ou, como lhe prefiro chamar, "deixa cá tentar limpar a imagem depois de Quintino Aires e Susana Dias Ramos dizerem as maiores barbaridades".

Em suma, a produtora do reality show referiu que existem fortes avaliações psicológicas nas fases de casting, bem como muito apoio aos concorrentes durante o jogo, e que a Endemol estava em constante contacto com a família de André Filipe e atenta ao seu bem-estar. Acham que isto é suficiente para nos esquecermos que houve quem afirmasse que o que o ex-concorrente, que foi internado devido a um surto psicótico, precisava era só de umas boas palmadas? Pois.

diana
Diana foi a concorrente expulsa este domingo créditos: TVI

Alguém explique a estas almas que tomar uma posição não é a mesma coisa que escolher os amigos

Um dos filmes mostrados no BB Play dizia respeito a uma gigantesca discussão entre Carina e Sandra. Com tantos gritos e insultos, confesso que fiquei à nora com muitos detalhes, mas importa reter isto: Carina ficou aborrecida com Sandra depois de esta ter dito que seria melhor se ela e Andreia fizessem as listas de compras por serem mais velhas e experientes.

A concorrente do Porto não gostou, houve ali qualquer coisa referente a um drama anterior com restos de comida, Sandra bateu palmas de forma irónica e a coisa culminou com Carina a dizer à mãe de Jéssica que a desprezava. Posto isto, Sandra desabafou com Andreia no closet, terá referido que tinha um passado semelhante ao de Carina e tocou no tema da mãe. Joana e outros concorrentes ouviram a conversa, a concorrente de Cascais foi a correr contar à amiga e, de repente, uma bomba nuclear caiu na casa em forma de Carina, que perdeu completamente a noção do seu comportamento, recorrendo a gritos, posturas agressivas e insultos básicos. Ufa, estava difícil, mas já estamos todos a par.

Corta para a emissão deste domingo, e depois de toda a casa ver imagens tão fortes, Carina e Sandra estão de mão dada, com a concorrente do Porto a admitir que se excedeu, e ficámos todos com a noção que o conflito estava resolvido. Mas há que mexer com a casa e, assim sendo, o Big Brother pediu aos restantes concorrentes que tomassem uma posição e se sentassem do lado de quem achavam que tinha razão no sucedido.

Ah, estavam à espera que toda a casa ladeasse Sandra, principalmente depois da própria Carina ser a primeira a admitir que errou? Pois, pensem lá nisso outra vez. Apesar de a concorrente de 21 anos ter perdido qualquer razão que tivesse com a postura inadmissível, a maioria dos concorrentes ficou do lado de Carina, e tentou "explicar o inexplicável", tal como referiu Ana Garcia Martins.

"Ah, excedeu-se, mas a Sandra devia ter falado diretamente". "Pois, enervou-se, mas temos de ser diretos". "Vou ficar do lado da Carina, porque apesar de ter exagerado, a Sandra não devia ter falado nas costas". Mas desde quando é que todos nós, seja em contexto pessoal ou profissional, não desabafamos sobre qualquer conflito com alguém da nossa confiança antes de o ir resolver diretamente, sem que isso signifique que somos os maiores falsos dissimulados? Tudo isto me cheirou a esturro e a uma necessidade extrema de justificar uma situação sem pés nem cabeça, apenas para ficarem do lado da amiga.

E Jéssica Fernandes, apesar de ser óbvio que se sentou do lado da mãe, explicou justamente isso num discurso sem falhas (e atenção que isto é milagre, que a miúda passa 80% do seu tempo a chorar): que a grande maioria dos concorrentes escolheu a amiga, e não quem achava ter razão.

Ter menos de 30 anos é desculpa para tudo?

Apesar de o foco estar em Sandra e Carina, não esquecer que Joana foi a catalisadora de tudo o que se passou, ao não ter dado tempo à mãe de Jéssica para falar diretamente com a concorrente do Porto. E foi justamente Jéssica que ficou muito desiludida com a atitude da colega, e resolveu afastar-se de Joana depois do conflito.

No confessionário, e durante a gala deste domingo, Teresa Guilherme tentou acalmar os ânimos, e espremeu Joana até ao limite para que esta pedisse desculpa a Jéssica. A participante de Cascais até referiu que, soubesse ela que Carina reagiria de forma tão violenta, tinha ficado calada (ahahahah, está bem, vamos acreditar que sim), mas que, de uma forma geral, não se sentia arrependida e não achava que tivesse de pedir desculpa a Jéssica.

ANA GARCIA MARTINS
Ana Garcia Martins, "A Pipoca Mais Doce", está de volta às galas de domingo créditos: TVI

E eis que Teresa Guilherme, já em conversa com Ana Garcia Martins, refere que são miúdos, têm menos de 30 anos, e que dá sempre um "desconto" se não quiserem pedir desculpa. Oi? Como assim? Mas ter menos de três décadas dá-nos direito a um livre trânsito para dizer as maiores barbaridades, tal como Carina fez (atitude essa que também me pareceu demasiado desculpabilizada), ou a ter atitudes menos corretas, e nem assumir que devemos pedir desculpa pelos nossos atos, tal como Joana? É certo que o mundo está cheio de pessoas sem educação, ingratas e arrogantes, com menos e mais de 30 anos, mas isso nunca poderá ser desculpa para atos reprováveis. Digo eu, e olhem que já tenho 32, já me podem levar a sério.

Ninguém gosta de bullyings — e Catarina pode pagar a fatura

Depois da expectável saída de Diana, não era preciso ter a visão raio-X do Super-Homem para perceber que o nome de Andreia e Sandra estava escrito em todos os cartões de nomeações, à exceção das próprias e da filha de Sandra, Jéssica. Até Carina, que podia ter tentado limpar a sua imagem e não nomear Sandra foi na onda, com a justificação de afinidade e de "entraram depois" a ser gasta até à exaustão.

Sim, eu sei: lá dentro é 24 sobre 24, é tudo muito intenso, os laços são muito fortes. Mas as duas concorrentes entraram uma semana depois. Uma. Não foi um ano, não foi um mês, não foi sequer uma quinzena. Sete míseros dias que agora servem de desculpa para tudo, nomeadamente para expulsar duas pessoas que talvez lhes ameacem o jogo, talvez não façam parte do grupo de amiguinhos, talvez a casa não queira conviver com pessoas acima dos 30. Não faço ideia, mas foi demasiado feio o que se passou ali.

Desistências, expulsões e surtos psicóticos. O "BB - A Revolução" está atento à saúde mental dos concorrentes?
Desistências, expulsões e surtos psicóticos. O "BB - A Revolução" está atento à saúde mental dos concorrentes?
Ver artigo

Assim, sem grande margem para dúvidas, Sandra e Andreia ficaram nomeadas por larga margem, com Joana a seguir de perto porque eram necessárias três escolhas, e a atitude péssima relacionada com a discussão ainda contou para alguns. Pelo meio, Jéssica Antunes também acabou nomeada, mas devido a um poder especial dado a Renato, que ganhou a prova do líder esta semana,  trocou a colega por Catarina, que é assim a quarta concorrente em perigo de sair na próxima semana.

E, por falar em perigo, é justamente Catarina quem me cheira que vai abandonar a Ericeira. Os portugueses não gostam de bullyings, e creio que Andreia e Sandra estão protegidas devido a estas atitudes que estão a sofrer dentro da casa, sendo constantemente postas de parte. Se fossem a votações só com Joana, não tenho grandes dúvidas que a concorrente de Cascais ia voltar num tirinho para a linha, para pregar os seus valores e costumes. Assim, e dado que Catarina ainda não mostrou grande coisa, sinto que pode pagar a fatura.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.