Já vamos a meio de julho, mas há quem ainda não tenha atingido o tom de pele que pretende para o verão. Nesta altura do ano, gostamos sempre de andar mais bronzeados, mas o melhor é nunca nos esquecermos de que, mesmo com esse desejo em mente, os cuidados com a pele devem sempre vir em primeiro lugar.

Depois de na semana passada lhe termos revelado tudo o que deve ter em conta para os dias de maior calor, da hidratação à escolha do protetor solar, hoje dizemos-lhe como é que pode atingir o tom de pele perfeito — e não, não é com bronzeadores.

Bolas de Berlim, cervejas e gelados. O que fazer para que as tentações do verão não pesem na balança?
Bolas de Berlim, cervejas e gelados. O que fazer para que as tentações do verão não pesem na balança?
Ver artigo

Já estamos fartos de saber que somos o que comemos e a verdade é que através da alimentação conseguimos também cuidar da nossa pele. "O que acontece é que há alimentos que são fontes de betacaroteno e é esse betacaroteno que permite não só um bronzeado mais prolongado, como ajuda também a diminuir as manchas e outros aspetos provocados pelo sol. Ou seja, permite uma proteção da pele", explica a nutricionista Catarina Lopes à MAGG.

Apesar de não substituírem outros cuidados, como a utilização do protetor solar, são um ótimo complemento para a saúde da nossa pele, garante a especialista. Mas, afinal, de que alimentos estamos a falar?

Catarina Lopes destaca essencialmente três: a cenoura ("excelente fonte de betacaroteno e que contém também boas quantidades de vitamina C e potássio, ajudando a prolongar também a hidratação da pele. Além disso, estimula a produção de melanina e pigmento responsável pela cor da pele."); a batata doce ("fonte de vitamina A e vitamina C, este alimento é uma das principais fontes de hidratos de carbono que nós devíamos consumir porque é um bom tubérculo que ajuda também a ter uma pele mais hidratada e saudável; e a abóbora. 

Segundo a nutricionista, os alimentos com cor laranja são aqueles que apresentam mais benefícios para a pele porque são ricos em betacaroteno. Além destes, Catarina Lopes destaca ainda o pimento amarelo e os vegetais verdes escuros que "contribuem para a manutenção do dourado da pele".

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.