Por norma, o verão é sempre aquela altura do ano que as roupas mais curtas e os fatos de banho nos fazem querer estar em melhor forma física. E apesar de o exercício dever ser uma constante durante o ano, maioritariamente por razões de saúde, é inegável que a chegada desta estação pode dar um empurrão extra.

Habitualmente, era também nesta altura que os ginásios começavam a encher, mas com o confinamento foram muitos os que mudaram os hábitos de treino e se renderam ao fenómeno dos vídeos online que, para sermos sinceros, nos vieram facilitar em muito a vida. Podem ser feitos em qualquer lugar, são rápidos, baratos, fáceis e intensos, para que os resultados se tornem visíveis.

5 exercícios de braços para fazer em qualquer lado — e sem precisar de material desportivo
5 exercícios de braços para fazer em qualquer lado — e sem precisar de material desportivo
Ver artigo

Nestes campo, são muitos os que têm vindo a contar com a ajuda de Chloe TingPamela Reif ou MadFit que, todos os meses, sugerem várias alternativas de treinos para todos os gostos e condições físicas, já que a maioria dos exercícios tem sempre uma alternativa mais fácil ou de menos impacto.

Apesar de existirem opções de circuitos que trabalham o corpo todo, outras apenas para abdominais ou ainda as que que conjugam ambos, os treinos de glúteos são sempre os mais requisitados, principalmente pelo sexo feminino. A verdade é que ao termos este músculo bem desenvolvido, a tarefa de realizar outros exercícios torna-se também mais fácil — e o melhor é que ainda vai a tempo de chegar ao verão na melhor forma física possível.

Se quer começar a treinar, mas não sabe por onde começar, aproveite estas sugestões que servem como um bom guia que depois deve ser adaptado por cada pessoa à sua própria condição física. Desde os tradicionais agachamentos aos exercícios que nunca pensou que existissem, aqui encontrará de tudo, sem precisar de qualquer material de desporto adicional. Se preferir aumentar a intensidade, pode sempre recorrer à ajuda de um elástico. Ora veja.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.