Os restos mortais de Gabrielle Petito foram encontrados a 19 de setembro de 2021 e o corpo de Brien Laundrie foi descoberto um mês mais tarde, a 20 de outubro, depois de o jovem admitir a "responsabilidade" pela morte da namorada. Isto, numa carta que havia escrito antes de cometer suicídio. Ainda assim, mesmo com o assassino identificado, o caso está de volta a tribunal.

Namorado de Gabby Petito confessou o crime antes de se suicidar, diz FBI
Namorado de Gabby Petito confessou o crime antes de se suicidar, diz FBI
Ver artigo

Nichole Schmidt e Joseph Petito, pais da jovem que foi assassinada nos Estados Unidos, durante uma viagem com o namorado, em 2021, pedem agora uma compensação monetária pela "morte culposa" da filha, num processo contra o património de Brian Laundrie.

"Como consequência direta e próxima da conduta desonesta de Brian Laundrie, Nichole Schmidt e Joseph Petito incorreram em despesas de funeral, sofreram uma perda de cuidado e conforto, e sofreram uma perda de provável companhia futura, sociedade e conforto", diz o processo, citado pela CNN Portugal.

Os pais da jovem pedem um julgamento por júri aliado a uma compensação monetária. E, apesar de não avançarem nenhum valor em concreto, o processo pede indemnizações "que excedam os 30 mil dólares [cerca de 28,5 mil euros]".

Steven P. Bertolino, o advogado que representa a família Laundrie, já reagiu ao processo judicial, num email enviado à CNN. Desvalorizou a situação e confessou que "o arquivamento da ação de homicídio culposo pela família Petito era totalmente esperado".

Já se sabe a causa da morte de Brian Laundrie, namorado de Gabby Petito
Já se sabe a causa da morte de Brian Laundrie, namorado de Gabby Petito
Ver artigo

"Essa ação provavelmente não será defendida e os Petito não terão ganho nada mais do que um pedaço de papel que diz a eles o que todos já sabem, que Brian foi responsável pela morte de Gabby, conforme indicado pelo FBI", escreveu.

O advogado da família Petito não respondeu às questões da publicação, enviadas igualmente via email. No entanto, a CNN confirma ainda que Nichole Schmidt e Joseph Petito vão avançar também com um processo contra Christopher e Roberta Laundrie, no qual alegam que os pais do namorado (e assassino) da filha sabiam do paradeiro do jovem e estavam a trabalhar para ajudá-lo a fugir do país.

Ainda assim, o advogado que representa a família Laundrie diz estar confiante de que o caso será arquivado.

O desaparecimento de Petito, durante uma viagem com Brian Laundrie, despertou a atenção das autoridades norte-americanas depois de o jovem norte-americano ter regressado a casa dos pais, a 1 de setembro de 2021, com a carrinha de Gabby, mas sem a namorada.

O casal partiu de Nova Iorque a 2 de julho e o objetivo era chegar à costa este do país quatro meses depois, numa viagem em que Gabby Petito esperava tornar-se uma influenciadora de viagens e documentar passo a passo o percurso realizado.

A jovem foi vista pela última vez no dia 24 de agosto, quando estava a sair de um hotel em Salt Lake City, em Utah, e nesse mesmo dia fez uma última videochamada com a mãe. Desde então, todas as mensagens que Gabby trocou com a família, sabe-se agora, foram escritas por Brian, para despistar os familiares e levar a crer que a jovem ainda estaria viva.

O corpo de Gabby esteve no deserto de Wyoming durante um mês antes de ser encontrado em meados de setembro. A autópsia revelou que foi estrangulada, pelo menos três semanas antes de o corpo ser descoberto.

Precisa de ajuda? Estas são as linhas de Apoio e de Prevenção do Suicídio em Portugal

SOS VOZ AMIGA
Horário: 16:00 – 24:00
Contacto Telefónico: 213 544 545 | 912 802 669 | 963 524 660
Linha Verde gratuita: 800 209 899 (21:00 – 24:00)

CONVERSA AMIGA
Horário: 15:00 – 22:00
Contacto Telefónico: 808 237 327 | 210 027 159

VOZES AMIGAS DE ESPERANÇA DE PORTUGAL
Horário: 16:00 – 22:00
Contacto Telefónico: 222 030 707

TELEFONE DA AMIZADE
Horário: 16:00 – 23:00
Contacto Telefónico: 222 080 707

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.