Há mais 71 mortes e 5.290 novos casos de infeção em Portugal pelo novo coronavírus. São estes os dados divulgados esta quarta-feira, 25 de novembro, pela Direção-Geral da Saúde, no novo boletim epidemiológico.

Também esta quarta-feira, 25, foi divulgado que os hospitais privados passam a estar obrigados a receber doentes transferidos de unidades do Serviço Nacional de Saúde (SNS) em situação de “agudização do estado de saúde”, incluindo pacientes com COVID-19, a partir de 3 de dezembro.

A medida da Entidade Reguladora da Saúde (ERS) publicada em Diário da República, avançada o "Correio da Manhã", prevê ainda multas para os hospitais que não cumprirem com a nova regra.

Vivem juntos e partilham a cama. Porque é que um dá positivo à COVID-19 e o outro não?
Vivem juntos e partilham a cama. Porque é que um dá positivo à COVID-19 e o outro não?
Ver artigo

Nos últimos tempos, o novo coronavírus também tem sido detetado em animais, e a mais recente descoberta foi relatada por os cientistas polacos que examinaram 91 visons criados em cativeiro e confirmaram a infeção em oito deles, de acordo com o "Público" esta quarta-feira, 25.

Estes são os primeiros casos detetados na Polónia, mas anteriormente uma mutação do novo coronavírus SARS-CoV-2 já tinha sindo detetado em mais de 200 pessoas infetadas por este animal na Dinamarca, o que levou à polémica decisão de abater 15 milhões de visons.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.