Veggie & Vegan Food at Home nasceu no meio da pandemia, mas não devido à pandemia como muitos outros projetos.

Amadu Sambu, 34 anos, há algum tempo que já andava a pensar no projeto e sentiu que esta seria a altura ideal para avançar com a ideia que leva comida de base vegetal a qualquer ponto onde a preguiça e a vontade de comer bem e de forma consciente se cruzem.

Veggie & Vegan Food at Home é então tudo o que o nome indica: comida vegetariana e vegan entregue em casa. Aliás, digamos que o nome não indica tudo, porque este novo projeto não só leva as refeições já prontas a sua casa, como ao local trabalho — quer esteja em Lisboa, Oeiras, Cascais, Sintra e Margem Sul.

Amadu Sambu é formado em Gestão Hoteleira e além de empresário e gerente de restauração, nutre o corpo e o negócio com o gosto pela alimentação veggie e vegan que surgiu há cerca de dois anos. "Quanto mais exploro esta área, mais sinto que este é o caminho para todos vivermos de forma mais saudável", explica à MAGG o responsável pelo novo projeto de entregas ao domicílio.

Foi precisamente a pensar na saúde e numa forma de facilitar a vida a quem não tem tempo (ou habilidade) para aventuras na cozinha que Amadu criou o projeto. "Tendo em conta a situação atual da maioria das pessoas, o tempo é cada vez mais escasso, o que de certa forma nos 'obriga' a ter hábitos alimentares altamente nocivos muito à base de Fast Food, comidas de alto teor calórico e prejudiciais à saúde", diz o proprietário.

EKOA. As novas caixas (feitas de plantas) de snacks vegan que lhe chegam a casa
EKOA. As novas caixas (feitas de plantas) de snacks vegan que lhe chegam a casa
Ver artigo

Para tentar travar os hábitos menos saudáveis, o Veggie & Vegan Food at Home pretende colocar nas marmitas alimentos saudáveis e nutritivos que respondam àquilo de que o corpo necessita: "Este projecto acaba por ser uma resposta ao mercado a fim de podermos ter uma alimentação variada ao longo da semana, consumindo praticamente todos os nutrientes que o nosso organismo precisa, substituindo ao máximo a proteína animal por vegetal", explica à MAGG.

No entanto, não são só os nutrientes que o nosso corpo pede. Precisa também de alimentar a fome emocional de uma forma equilibrada, que os olhos que também comem e o paladar gosta sempre de descobrir novos sabores. Para isso há almôndegas de seitan (entre 3,50€ por seis unidades ou 12€ por 24 unidades), chilli, também ele de seitan, (entre os 3,50€ por 250 gramas ou 12€ por um quilograma) e ainda a quiche de mozzarela (2,90€ a fatia ou 13,90€ inteira).

Além das opções "Quentes e Boas" do menu, há também burgers como o de espargos verdes e manjericão ou o de beterraba (entre 1,80€ por unidade e os 19,80€ por 12 unidades). E onde é que andam as panquecas red velvet de que lhe falávamos no título? Estão junto às de cacau (entre os 3,90€ e 7,50€), à tarte de maçã e framboesas (entre os 2,50€ e os 16€) e ainda aos muffins de amendoim (entre os 4,80€ por quatro unidades ou 16€ por 16 unidades).

Entre todas as opções, Amadu Sambu já tem palpites sobre quais é que terão maior sucesso: "Os nossos Best Seller, sem sombra de dúvida, serão os Burgers e o Chilli de Seitan", diz.

Estas são apenas algumas das opções do menu que acabou de se estrear esta segunda-feira, 8 de junho, dando assim início à atividade do novo projeto que teve de se adaptar aos novos tempos. "Tomámos várias precauções tanto na confecção como na entrega dos nossos alimentos. Todos os produtos são devidamente lavados e desinfectados antes do seu manuseamento, sendo depois todos selados em embalagens individuais, o que os tornam mais fiáveis", explica o responsável do projeto.

Para encomendar, até às 17 horas de cada terça-feira, o processo é simples: "Basta aceder à nossa página de Instagram @Veggie_vegan_home, fazer a encomenda através de mensagem privada, e-mail ou telefone", indica Amadu. A partir daqui, só tem de fornecer os seus dados — nome, contacto telefónico, morada — e o pagamento pode ser feito através da App MBWAY, transferência bancária ou em dinheiro no momento da entrega. Estas serão feitas todas as semanas de quarta a sexta-feira entre as 16 e as 20 horas.

Pode já ir espreitando o menu, porque as encomendas começam já a partir desta terça-feira, 9 de Junho.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.