Durante a gala de domingo, 26 de setembro, Ana Morina nomeou Ana Barbosa e Aurora. Para se justificar, alegou que as concorrentes "quebraram os princípios de frontalidade, respeito e entreajuda".

Ana Barbosa e Morina em confronto após gala. "Estás a provar do teu próprio veneno"
Ana Barbosa e Morina em confronto após gala. "Estás a provar do teu próprio veneno"
Ver artigo

No caso de Aurora, Ana Morina indicou que a colega fez pão para o grupo e deixou a cozinha suja de farinha. Já em relação a Ana Barbosa, Morina menciona um momento na roulotte, em que o Big chamou Débora e, alegadamente, Ana Barbosa baixou a cabeça e sussurrou "cabra", mas na sexta-feira (24) já dizia que adorava a colega.

Após a gala, a capitã Barbosa perdeu a paciência e acusou a companheira de só se lembrar do que lhe apetece — referindo-se a não se recordar quando Ana mencionou estar a gostar de Débora. "Parece que gostas de criar conflitos (...) tu gostas é de criar confusão entre as mulheres."

"Vergonha alheia" foi o que A Pipoca Mais Doce sentiu ao ouvir as justificações de Ana Morina. "Para mim, já era bastante óbvio que a causa dela era uma treta e que era mais uma estratégia do que defender alguma coisa. Acho que ela está a usar aquilo em beneficio próprio desde o início. Ela mal sabia pronunciar 'sororidade' quando ali entrou, enganava-se imensas vezes."

No diário da tarde de segunda-feira, 27, a comentadora usou uns brincos com cobras, em homenagem à "primeira cobra desta edição", Ana Morina, e ironizou que a concorrente "foi ao dicionário das causas", parou naquela e achou simpático defender as mulheres.

"Quando não é genuíno, temos cenas ridículas como as que aconteceram ontem à noite. (...) Os motivos para nomear as duas colegas foram infantis, foram mesquinhos, foram maldosos. Eu acho que isso é o que pesa mais. A causa já não me choca, porque nunca acreditei que ela defendesse causa alguma, agora a maldade ja me perturba."

Para A Pipoca Mais Doce, que sugere a intervenção do Big para perceber o contexto do alegado insulto, se Ana Morina "fosse realmente feminista e apoiasse as mulheres, teria falado sobre isso quando os episódios aconteceram". A comentadora estabelece uma comparação com Ana Catharina do BB2020, que esteve disposta a abandonar o jogo em defesa da sua causa. Sobre Ana Morina, considera que esta "está a tentar capitalizar a sua suposta causa e usa aquilo de uma forma completamente deturpada".

Ana Catharina do BB2020: "A sororidade já virou produto do Aliexpress"
Ana Catharina do BB2020: "A sororidade já virou produto do Aliexpress"
Ver artigo

"Eu, pessoalmente, não quero ser representada pela Morina, pela versão que ela tem de feminismo. Muito pelo contrário, só me causa embaraço, vergonha", ressalva Ana Garcia Martins.

No final da emissão do diário da tarde, Ana Barbosa foi chamada ao confessionário para uma advertência formal do Big Brother. Pediu para medir os comentários em relação aos colegas, acusando-a de, quando estava exaltada no pós gala, ter insultado Ana Morina com um sinónimo de meretriz. A concorrente mostrou-se confusa e desabaou em lágrimas dizendo que, se usou tal palavra, necessita de ajuda, pois diz coisas inconscientemente.

Ana Garcia Martins, que não consegue ouvir a palavra, considera a reação genuína e, caso não seja verdade, a acusação é injusta.

As imagens foram transmitidas durante o diário da tarde de segunda-feira, 27, conduzido por Mafalda Castro e Helena Coelho.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.