"Se fui o escolhido para ser o vencedor deste ano, é porque o público viu algum valor no meu trabalho. A minha presença digital não é só uma presença, mas, sim, uma presença útil. Acho que isso é o que me dá mais alento. É perceber que, se calhar, estou num bom caminho".

É esta a reação de Paulo Teixeira à vitória na categoria Social Star Portugal 2021, dos People's Choice Awards, prémios do E! Entertainment, canal de televisão americano. "Honrado, lisonjeado e orgulhoso" são os adjetivos que descrevem a forma como se sentiu, ao saber os resultados.

Filha de Helena Coelho celebra 7 meses e estamos encantados com a fofura da bebé Íris
Filha de Helena Coelho celebra 7 meses e estamos encantados com a fofura da bebé Íris
Ver artigo

Este é o segundo ano em que Portugal está incluído numa categoria, neste caso, dedicada à presença e atividade nas redes sociais. A distinção visa reconhecer uma personalidade nacional que, no último ano, se tenha destacado pelo trabalho no mundo digital. "É uma responsabilidade morar com a Social Star antecedente a mim", afirma Paulo Teixeira, referindo-se à namorada, Helena Coelho, vencedora na mesma categoria, em 2020. "Acho que foi super justo, aliás, não há forma de ser injusto, uma vez que é o público que escolhe, é na base dos votos. Fico contente que sejamos uma família super reconhecida pelo público", confessa, em declarações à MAGG, garantindo que não é competitivo com a namorada. "Isso para nós não é um tema. Não fazia sentido."

Personal trainer de profissão, é assim mesmo que é conhecido no Instagram. PT Paulo Teixeira tem quase 200 mil seguidores na rede social, mas não esperava ser nomeado para os People's Choice Awards — e, muito menos, ser o vencedor. A competição foi contra o sexo feminino em peso: Adri Silva, Alice Trewinnard, Bárbara Corby, Catarina Gouveia, Mafalda Castro, Mariana Machado e Mel Jordão e os fãs podiam votar até vinte e cinco vezes por dia, por categoria e modalidade de voto, isto é, através do site ou de hashtags, no Twitter.

"Quando se olha para a grelha dos nomeados e há ali um homem, no meio de tanta mulher, destaca-se pela diferença. Mas, tirando isso, somos candidatos totalmente iguais. Empreendedores, trabalhadores, focados, empenhados", ressalva. "Não era o favorito a ganhar mas, ao mesmo tempo, havia qualquer coisa que me dizia 'a minha comunidade é uma comunidade forte, é uma comunidade que me apoia'. Somos uma comunidade de muita partilha", explica Paulo que, quando anunciou que era um dos candidatos ao título de Social Star Portugal 2021, fez uma referência a uma história bíblica. "Era uma batalha entre o David e, neste caso, os Golias. Todos eles [os restantes nomeados] têm muito mais alcance do que eu, (...) mas a batalha só termina depois da campainha", garantiu à MAGG.

Quando saíram as nomeações, o personal trainer deu conta de comentários a questionar "quem eram as pessoas" e aproveitou o momento para apresentar os membros da sua "equipa", no mundo digital. Assim, assumiu as personagens de treinador, produtor, editor, fotógrafo, diretor criativo, técnico de luz, técnico de som e cenógrafo para explicar que é ele, sozinho, que assume todo o trabalho.

"O que me fez confusão foi a natureza humana do julgamento e não olhei para isso como ódio, olhei para isso como uma forma de 'vou aproveitar isto para brincar com o assunto', porque, muitas vezes, aquilo que nós fazemos é desvalorizarmos o próximo, sem saber o que está por trás. (...) O que se vê em câmara é completamente diferente do que se está a passar por trás, há ali muito trabalho e há muito esforço e há muita frustração e há muito empenho que, às vezes, não é reconhecido."

A fé na vitória fez com que esta se concretizasse, seis anos depois de ter começado a olhar para as redes sociais como uma plataforma de trabalho. Em 2015, conheceu a atual namorada, Helena Coelho — segundo o próprio, também num contexto digital — e lançou o seu projeto de treinos, a POWR Outdoor Fitness. "Vi que havia uma tendência, que estava a surgir naquele momento, para o marketing de influência, neste caso, o marketing com pessoas reais, com pessoas normais. Essa perspetiva sobre o negócio foi uma coisa que surgiu muito naturalmente e nunca foi pensada com o intuito de ser um negócio propriamente dito."

Hoje em dia, além dos treinos outdoor, dá treinos online e é formador de profissionais de fitness. Em entrevista à MAGG, revela que o desporto lhe dá a "estabilidade financeira" que precisa para, no Instagram, poder privilegiar a "qualidade", em detrimento da "quantidade" e dar asas à criatividade. Ainda assim, tem "algum cuidado" com as partilhas no feed — nomeadamente quando se trata de alguma informação mais específica, que exige pesquisa antes de ser divulgada — mas sublinha que gosta de manter a "espontaneidade" e "genuinidade" nos stories.

Em relação ao conteúdo, o foco principal é a sua área de formação: "as coisas boas da vida e, obviamente, tudo o que está ligado ao que nos torne mais saudáveis, seja ligado ao exercício, seja ligado à alimentação ou seja ligado ao que eu chamo socio-afetivo e emocional", clarifica. "A minha mensagem é sempre positiva, mas real. Acho que isto é importante frisar. As redes sociais são feitas, um bocadinho, de felicidade. Quando nós seguimos alguém, não é porque esse alguém está sempre deprimido, não é porque esse alguém tem a vida miserável. Nós seguimos alguém que nos inspira ou que nos gere uma emoção feliz."

"A minha escolha foi 'quero acompanhar estes primeiros anos de vida da minha filha'"

Com o nascimento da filha, Íris, de sete meses, fruto do relacionamento de longa data com Helena Coelho, os treinos presenciais ficaram em standby. À MAGG, Paulo confessa que a escolha foi "difícil", mas "ponderada". "Estive num estado de negação muito grande. Nós pensamos 'a minha vida é assim' e, de repente, 'a minha vida já não vai ser assim'. Há aqui um processo de negação e aceitação que não é imediato. (...) Quando as coisas são planeadas, tem tudo para correr bem, mesmo que não corra pelo plano A, eventualmente, há um plano B."

Graças à plataforma de treinos online, o personal trainer teve hipótese de optar por "acompanhar estes primeiros anos de vida" da filha. A experiência da paternidade, tem sido "desafiante" e o casal tem tentado "viver um dia de cada vez". "A cada dia que passa ela [a filha, Íris], está mais amorosa, mas, ao mesmo tempo, exige mais atenção. (...) Ter um filho hoje, em dia, requer ter tempo e isto é muito importante que as pessoas entendam", explica, ressalvando que a filha "é um anjinho" e "nunca deu complicações". "Quando ela sorri, quando ela anda, quando ela adquire uma nova competência, o nosso coração fica cheio. Quando nós chegamos a casa e ela vem a gatinhar para nós, é impagável. Não consigo descrever."

Neste momento, Íris é a prioridade na gestão de tempo de Paulo. Até aos sete meses da bebé, o casal de influenciadores tratava de tudo sozinho. Em novembro, por terem consciência que seria um mês de mais trabalho a nível digital, têm contado com a ajuda de uma amiga, que está de licença de maternidade.

Para 2022, o principal objetivo é "ter uma app própria", que permita, por um lado, os atletas treinarem e, por outro, possibilitar a independência financeira de instrutores, sem que dependam de terceiros. "Uma das minhas preocupações e intenções de estar aqui no digital também é empoderar quem trabalha na área do fitness, porque eu sei o quão difícil é. São instrutores que trabalham a recibos verdes, quase sempre e, se não trabalham a recibos verdes, têm comissões absurdas dos ginásios."

Paulo Teixeira desvenda o que, na sua perspetiva, enquanto profissional de desporto, "o problema das redes sociais": "Qualquer pessoa, hoje em dia, pega nuns halteres e diz 'faz este exercício assim'. (...) Tentam ser especialistas, mesmo sendo só um entusiasta. E isso gera muito ruído, o público depois não sabe quem ouvir.

Percorra a fotogaleria e veja alguns momentos da Social Star Portugal 2021.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.