Em tempo de balanços, é também altura de recordar os que, em 2021, nos deixaram. Em Portugal e lá fora, muitas foram as personalidades que partiram, algumas devido à COVID-19, outras em circunstâncias trágicas, como foi o caso da cantora brasileira Marília Mendonça.

Recorde as personalidades que morreram no ano que está prestes a terminar.

Desmond Tutu

desmond tutu
créditos: Instagram

O arcebispo sul-africano (e prémio Nobel da Paz em 1984) morreu a 26 de dezembro aos 90 anos. Desmond Tutu foi um dos maiores ativistas da luta contra o Apartheid e a segregação social no seu país natal. O arcebispo da igreja anglicana sucumbiu a um cancro na próstata e diversas infeções.

Rogério Samora

rogério samora

O ator de 62 anos sofreu uma paragem cardiorrespiratória a 20 de julho, durante as gravações da novela da SIC "Amor Amor". Esteve vários meses internado, primeiro no Hospital Amadora Sintra e, depois, numa unidade de cuidados continuados.

"O meio artístico fica mais pobre." As homenagens das celebridades a Rogério Samora
"O meio artístico fica mais pobre." As homenagens das celebridades a Rogério Samora
Ver artigo

A 13 de dezembro foi internado para observação na mesma unidade hospitalar, devido a febre persistente. Morria dois dias depois.

Carlos Marín

Carlos Marín, dos Il Divo, em coma induzido. Concertos em Portugal adiados

O cantor dos Il Divo morreu a 19 de dezembro, depois de ter estado 11 dias em coma. Carlos Marín, 53 anos, sucumbiu a complicações provocadas pelo novo coronavírus. Estava internado no Manchester Royal Hospital desde 8 dezembro. No dia 16, soube-se que o cantor estava em coma induzido e que o seu estado era considerado grave.

DJ Magazino

dj magazino
créditos: Instagram

Luís Costa, profissionalmente conhecido como DJ Magazino, morreu a 9 de dezembro. O músico de 44 anos lutava contra uma leucemia, tendo partilhado publicamente a sua batalha contra esta forma de cancro. As últimas palavras públicas do músico natural de Setúbal, a 3 de dezembro, assinalavam os dois anos de luta contra a leucemia.

António Marques

O ator morreu a 25 de novembro aos 76 anos. António Marques foi vítima de insuficiência cardíaca, problema de que padecia, revelou a família do ator à Lusa. Fez dobragens em filmes como "Rei Leão", "Harry Potter", "Homem Aranha" e "Frozen" e participou em séries como "Duarte & Companhia", "Jornalistas", "Inspector Max" e "Liberdade 21".

antonio marques

Pedro Gonçalves

dead combo
Tó Trips e Pedro Gonçalves créditos: Dead Combo

O contrabaixista dos Dead Combo morreu a 4 de dezembro, depois de uma longa batalha contra o cancro. O músico de 51 anos sofria de cancro há três anos e morreu em casa, em Lisboa.

Pedro Oliveira

Morreu Pedro Oliveira, apresentador da SIC. Tinha 49 anos

O ex-jornalista e apresentador da SIC Notícias morreu a 3 de dezembro. Pedro Oliveira tinha 49 anos e foi vítima de doença súbita após infeção por COVID-19.  Era apresentador do programa "Exame Informática TV", na SIC Notícias, e diretor de parcerias e novos negócios da Trust In News.

Virgil Abloh

O estilista morreu a 28 de novembro. O diretor criativo da Louis Vuitton tinha 41 anos e travava uma batalha contra um tumor cardíaco há mais de dois anos, doença que preferiu não tornar pública. Conhecido por ser o rei da "streetwear" de luxo, recebeu os prémios "Urban Luxe" e "British Fashion Awards", em 2017 e 2018, respetivamente. Em 2012, criou a sua primeira marca, a Pyrex Vision e, um ano depois, surgiu a Off-White, marca de roupa de luxo que foi comprada pela LVMH.

Virgil Abloh
créditos: Instagram

Marília Mendonça

Marília Mendonça
créditos: Instagram

A cantora brasileira de 26 anos morreu a 5 de novembro. Marília Mendonça foi uma das cinco vítimas mortais da queda de um avião de pequenas dimensões numa área rural de Minas Gerais, Brasil. A cantora estava a caminho de um concerto no município de Caratinga.

James Michael Tyler

James Michael Tyler
James Michael Tyler créditos: twitter

James Michael Tyler morreu aos 59 anos a 24 de outubro, vítima de um cancro na próstata em estado avançado, que lhe foi diagnosticado em 2018. O ator, que ficou conhecido por interpretar a personagem Gunther na série "Friends", morreu “pacificamente” na sua casa em Los Angeles, adiantou o agente, de acordo com a revista "Variety".

Willie Garson

Willie Garson
Willie Garson créditos: instagram

O ator de 57 anos, que se celebrizou no papel de Stanford na série "O Sexo e a Cidade", morreu em setembro. Willie Garson, que estava lutar contra um cancro no pâncreas, encontrava-se a gravar a sequela da série protagonizada por Sarah Jessica Parker, "And Just Like That".

"Um homem bom e um português de exceção". As últimas homenagens a Jorge Sampaio, que "amou Portugal"
"Um homem bom e um português de exceção". As últimas homenagens a Jorge Sampaio, que "amou Portugal"
Ver artigo

Jorge Sampaio

O antigo presidente da República morreu a 10 de setembro, aos 81 anos. Jorge Sampaio estava internado no Hospital de Santa Cruz, em Lisboa, desde o final de agosto e não resistiu aos graves problemas respiratórios.

Iniciou a carreira na política antes do 25 de abril, foi secretário-geral do Partido Socialista, presidente da Câmara de Lisboa e presidente da República durante dois mandatos, entre 1996 e 2006.

Halyna Hutchins

Halyna Hutchins
Halyna Hutchins créditos: Instagram

A diretora de fotografia não resistiu aos ferimentos provocados por um disparo acidental levado a cabo por Alec Baldwin. O incidente aconteceu nos bastidores da rodagem do filme "Rust", a 21 de outubro. O realizador Joel Souza também ficou ferido. O caso continua sob investigação.

Tiago André Alves

tiago andré alves

Tiago André Alves morreu a 20 de outubro aos 32 anos, quatro anos depois de ter sido diagnosticado com um cancro terminal. O humorista foi o mentor do espectáculo "Roast ao Cancro", em 2018, que serviu para angariar fundos para o IPO Lisboa.

Padre Vítor Feytor Pinto

O sacerdote morreu a 6 de outubro aos 89 anos. Vítor Feytor Pinto, que foi durante vários anos responsável pela paróquia do Campo Grande, em Lisboa, estava há vários anos com problemas de saúde.

Maria João Abreu

Maria João Abreu
Nas entrevistas, a intérprete mostrava-se sempre bem disposta e com sentido de humor. créditos: Instagram

A atriz morreu a 13 de maio, depois de 13 dias internada no Hospital Garcia de Orta. Maria João Abreu foi diagnosticada com um aneurisma cerebral, depois de se ter sentido mal nos estúdios da SP Televisão, onde gravava a novela "A Serra", da SIC.

Igor Sampaio

Igor Sampaio
créditos: Facebook

O ator de 76 anos morreu a 3 de setembro no Hospital de São José, em Lisboa. Igor Sampaio foi internado a 31 de agosto depois de ter sofrido um AVC. integrou o elenco da telenovela "Mulheres" (gravada em 2014), em exibição novamente na TVI. Ao longo da carreira passou também pela SIC, tendo participado em projetos como "Laços de Sangue" (2010) e "A Família Mata" (2011). Também na RTP trabalhou em projetos como "Pai à Força"  (2008) ou "Velhos Amigos" (2010).

Tarcísio Meira

tarcisio meira

O galã das novelas da Globo morreu a 12 de agosto aos 85 anos. Tarcísio Meira estava internado desde 6 de agosto, juntamente com a mulher, a também atriz Glória Menezes. Ambos contraíram COVID-19. Glória Menezes teve apenas sintomas ligeiros mas Tarcísio Meira precisou de ser entubado e internado nos Cuidados Intensivos.

Charlie Watts

Morreu Charlie Watts, o baterista dos Rolling Stones

O baterista dos Rolling Stones morreu a 24 de agosto aos 80 anos. A causa de morte não foi publicamente revelada. Em agosto o músico anunciou que não iria estar presente na digressão que o grupo, no início da pandemia, foi obrigado a adiar.

Otelo Saraiva de Carvalho

Otelo

O capitão de Abril morreu a 25 de julho, aos 84 anos. O responsável pelo setor operacional da Comissão Coordenadora do Movimento das Forças Armadas (MFA) e pela elaboração do plano de operações militares do 25 de Abril de 1974 morreu no Hospital Militar de Lisboa, onde se encontrava internado.

Constança Braddell

constança braddell
créditos: Instagram

A jovem de 24 anos morreu a 11 de julho. Constança Braddell sofria de fibrose quística e conseguiu o medicamento que lhe poderia salvar a vida depois de um forte apelo nas redes sociais e de a sua história se tornar mediática.

Natasha Semmynova

Natasha Semmynova
Morreu Natasha Semmynova créditos: RTP

Vítor Martins, também conhecido como Natasha Semmynova, morreu na madrugada do dia 15 de junho, vítima de um cancro no pulmão. A drag queen deu-se a conhecer ao público no "The Voice Portugal", em 2015.

Neno

Neno
Neno créditos: twitter

O histórico guarda-redes morreu a 10 de junho aos 59 anos. Adelino Augusto da Graça Barbosa Barros, mais conhecido por Neno, representou o Benfica e o Vitória de Guimarães, além de ter sido guardião das redes da Seleção Nacional.

Príncipe Filipe

Rainha Isabel II e príncipe Filipe
créditos: Instagram

O marido da rainha Isabel II morreu a 9 de abril aos 99 anos. O duque de Edimburgo tinha estado hospitalizado durante um mês mas morreu no castelo de Windsor. As cerimónias fúnebres aconteceram a 17 de abril, na presença de apenas 30 pessoas, consequência das restrições impostas pela pandemia. Isabel II e Filipe casaram-se em 1947.

MC Kevin

MC Kevin
créditos: mckevin/Instagram

O cantor brasileiro MC Kevin morreu ao cair do quinto andar de um hotel na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, a 16 de maio. O exame toxicológico revelou que estava sob o efeito de estupefacientes. Tinha presença de droga no sangue, conhecida como MDMA ou MD, e ainda de cafeína.

Autópsia de MC Kevin revela várias fraturas — e há mais uma linha de investigação em cima da mesa
Autópsia de MC Kevin revela várias fraturas — e há mais uma linha de investigação em cima da mesa
Ver artigo

Artur Garcia

O cantor, que se destacou nas décadas de 1960 e 1970, morreu a 15 de abril, aos 83 anos. Nome maior da música ligeira portuguesa, fez parte da idade do ouro da rádio e participou várias vezes no Festival da Canção. Editou mais de 25o títulos.

Jorge Coelho

jorge coelho
créditos: TVI

Histórico do PS e antigo ministro dos governos de António Guterres, morreu a 8 de abril aos 66 anos. O político não resistiu a um ataque cardíaco fulminante quando se encontrava de visita à Figueira da Foz.

Fez parte dos dois executivos de António Guterres e foi dos poucos políticos em cargos governamentais a demitir-se após uma tragédia. Estávamos a 5 de março de 2001, um dia depois da tragédia de Entre-os-Rios e, às três da manhã, o ministro de Estado e do Equipamento Social demitia-se, numa invulgar conferência convocada para as 3 da manhã.

Carmen Dolores

carmen dolores

A atriz morreu a 16 de fevereiro, aos 96 anos. Carmen Dolores tinha uma longa carreira no teatro, cinema e também na televisão. Em 2018, Carmen Dolores foi condecorada pelo presidente da República com as insígnias de Grande-Oficial da Ordem do Mérito. A atriz retirou-se dos palcos em 2005, ao fim de 60 anos de carreira.

Cristopher Plummer

christpher plummer

O ator que interpretou o papel de John Von Trapp no clássico "Música no Coração" morreu a 5 de fevereiro, aos 91 anos. Foi também um dos protagonistas de filmes como "Knives Out" e "Assim é o Amor", que lhe valeu um Óscar em 2012.

Adelaide João

Adelaide João
créditos: Instagram

A atriz morreu a 3 de fevereiro, vítima de COVID-19. Adelaide João tinha 99 anos e morreu na Casa do Artista, onde residia. No pequeno ecrã destacou-se em conteúdos televisivos como "Vila Faia" (1982),  "A Loja do Camilo” (2000),  "Anjo Selvagem" (2002), "Os Batanetes" (2004), "Aqui Não Há Quem Viva" (2006), "Floribella" (2007) e  "Conta-me Como Foi" (2009). Em 2017, a atriz foi reconhecida com o prémio Sophia pela Carreira.

António Cordeiro

António Cordeiro
créditos: instagram

O ator de 61 anos morreu a 30 de janeiro. António Cordeiro sofria de uma doença neurodegenerativa rara, Paralisia Supranuclear Progressiva — diagnosticada em 2017. Com mais de 30 anos de carreira, que começou com "Duarte & C.ª" em 1987, participou ainda em séries, mini séries e telefilmes, bem como em curtas e longas metragens como é o caso dos filmes de João Mário Grilo, "O Processo do Rei" (1990) e "Um Gato, Um Chinês e o Meu Pai" (2019) de Paco R. Baños.

Eva Wilma

Eva Wilma
créditos: evawilmaoficial/Instagram

A atriz brasileira morreu a 15 de maio, aos 87 anos, vítima de um cancro no ovário. Estava internada no hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, desde o dia 15 de abril. Inicialmente, foi internada para tratar problemas cardíacos e renais mas, a 7 de maio, foi-lhe diagnosticado um cancro que se acabou por disseminar, levando a uma insuficiência respiratória.

"Lisboa Menina e Moça" será "canção oficial de Lisboa". Carlos do Carmo terá nome em rua
"Lisboa Menina e Moça" será "canção oficial de Lisboa". Carlos do Carmo terá nome em rua
Ver artigo

Eva Wilma iniciou a carreira artística aos 14 anos como bailarina clássica no Balé do Teatro Municipal, em São Paulo. Participou em dezenas de novelas da Globo, como "Ciranda de Pedra", "Guerra dos Sexos", "Sassaricando", "O Rei do Gado" ou "Fina Estampa".

Maria José Valério

Maria José Valério
créditos: TVI

Maria José Valério, 87 anos, morreu a 3 de março, vítima de COVID-19. Conhecida por ter dado voz à "Marcha do Sporting", a cançonetista é ainda intérprete de "Menina dos Telefones" (1961), tema que se tornou um dos seus maiores sucessos.

Larry King

larry king
créditos: Instagram

O icónico jornalista e apresentador de televisão americano morreu a 23 de janeiro, aos 87 anos. Larry King estava desde o início do mês internado numa unidade hospitalar em Los Angeles, nos EUA, depois de ter contraído a doença da COVID-19.

Natália de Sousa

natalia de sousa
créditos: RTP

Natália de Sousa morreu a 13 de janeiro, aos 73 anos. A atriz ficará para sempre na memória coletiva como uma das "coelhinhas" do cantor romântico Tony Silva, personagem interpretada por Herman José no programa de humor "O Tal Canal".

Foi cofundadora do grupo de teatro Ádóque - Cooperativa de Trabalhadores de Teatro, que construiu o seu próprio palco, no largo do Martim Moniz, em Lisboa, após o 25 de Abril. Nos palcos, participou em vários teatros de revista e musicais. A sua carreira televisiva começou ainda na década de 70, com participações em telefilmes e programas de humor como "Nicolau no País das Maravilhas", "Eu Show Nico" e "Sába dá bádu".

João Cutileiro

João Cutileiro
créditos: Youtube

O escultor João Cutileiro morreu a 5 de janeiro, aos 83 anos. O artista foi autor de obras espalhadas um pouco por todo o País, algumas delas bastante polémicas, como o Monumento ao 25 de Abril instalado no Parque Eduardo VII, em Lisboa.

Carlos do Carmo

carlos do carmo
créditos: twitter

O fadista de 81 anos morreu a 1 de janeiro, vítima de um aneurisma. Carlos do Carmo deu entrada no hospital de Santa Maria, Lisboa, a 31 de dezembro, com um aneurisma na aorta. O cantor tinha mais de 50 anos de carreira e despediu-se dos palcos em novembro de 2019, no Coliseu de Lisboa e do Porto. Em 2014, tornou-se o primeiro português a vencer um Grammy, distinção que conquistou pela sua carreira.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.